.

segunda-feira, 28 de setembro de 2020

João Campos, Marília Arraes e Mendonça dividem liderança em nova pesquisa


 

A disputa para prefeito do Recife começa oficialmente neste domingo (27/09) com três candidatos dividindo a liderança – num empate técnico – na disputa pela prefeitura do Recife: João Campos (PSB) com 20%, Marília Arraes (PT), com 17%, e Mendonça Filho (DEM), com 16%.  É o que aponta a primeira pesquisa realizada pelo Instituto Conectar após a definição das candidaturas. Realizada entre os dias 24 e 26 de setembro de 2020, com 800 entrevistas com eleitores de Recife e margem de erro máxima de 3,5%, a mostra foi encomendada pela Executiva Estadual do Democratas (DEM). Na pesquisa, Mendonça Filho abriu uma frente de cinco pontos percentuais para a delegada Patrícia Domingos (Podemos), que aparece atrás com 11%.


O resultado da pesquisa do Instituto Conectar, mostra que o apoio de deputado federal Daniel Coelho (Cidadania) não gerou a esperada transferência automática de voto para a delegada Patrícia Domingos. Dos seis outros candidatos da oposição, Marco Aurélio (PRTB), tem 2%, Alberto Feitosa (PSC) e Thiago Santos (PSO), pontuam com 1%, respectivamente, e Claudia Ribeiro (PSTU), Charbel Marou (Novo) e Victor Assis (UP), não pontuam. À frente da delegada Patrícia Domingos e com os demais candidatos de oposição mal posicionados na pesquisa, Mendonça Filho começa a campanha como o candidato da oposição mais forte para levar a eleição para o segundo turno.


Candidato associado a Bolsonaro – A pesquisa também perguntou ao eleitor qual dos candidatos ele associa ao presidente Jair Bolsonaro. Mendonça Filho é disparado o mais associado ao presidente Bolsonaro, com 20%. Patrícia Domingos aparece com 11%, Alberto Feitosa e Marco Aurélio, aparecem com 5%, respectivamente. Um dado interessante é que 12% dos pesquisados associam João Campos a Bolsonaro, mesmo sendo o candidato e o seu partido, o PSB, adversários ferrenhos do presidente.


Na análise de gestões, a pesquisa aponta que redução dos índices positivos (ótimo e bom) do prefeito do Recife e do governador de Pernambuco. No aspecto gestão, a pesquisa permite comparação com as mostras anteriores feitas pelo Instituto Conectar. Geraldo Júlio cai de 35% para 28%, e Paulo Câmara de 24% para 21%. O mesmo comparativo não pode ser feito em relação a intenção de votos, porque o cenário atual, com os candidatos registrado no TRE, é diferente dos analisados nas pesquisas anteriores.


O Instituto Conectar é comandado pelo sociólogo Maurício Garcia, um dos pesquisadores mais respeitados do mercado, tendo trabalhado durante mais de 20 anos no Instituto IBOPE, onde coordenou centenas estudos quantitativos e qualitativos de pesquisa. Também trabalhou no instituto de pesquisas pernambucano Ipespe durante mais de três anos. Maurício Garcia é associado à Wapor (World Association for Public Opinion).


A coleta das entrevistas foi realizada entre os dias 24 e 26 de setembro de 2020. Foram realizadas 800 entrevistas com eleitores de Recife, consequentemente, a margem de erro máxima estimada da pesquisa é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados totais apresentados. O nível de confiança da pesquisa é de 95%. A pesquisa foi contratada pelo DEMOCRATAS – ORGAO DEFINITIVO – PERNAMBUCO – PE – ESTADUAL / DEM. A pesquisa foi registrada sob o número: PE-07838/2020.


Fonte : Blog Ponto de Vista.

Equipe econômica terá de controlar despesas para garantir cumprimento do teto de gastos



 No último relatório bimestral, o Ministério da Economia frisou que o dado não é definitivo

Pelo documento, caso nenhuma medida seja adotada, o teto dos gastos terá, conforme as projeções até agosto, um “estouro” no saldo entre receitas e despesas estimado em R$ 1,906 bilhão. Em relação ao teto previsto no Orçamento, de R$ 1,455 trilhão, esse “estouro” equivale a apenas 0,13%.


No último relatório bimestral, o Ministério da Economia frisou que o dado não é definitivo. “Para que as projeções de despesas apontadas na avaliação se materializem no Orçamento deverão, necessariamente, ser feitos ajustes para sua adequação ao teto dos gastos”, diz o documento.


Por e-mail na semana passada, o Ministério da Economia foi questionado pela reportagem se já existe alguma análise, mesmo preliminar, sobre as despesas primárias que serão objeto do ajuste necessário ao cumprimento do teto de gastos. “Ainda não” foi a resposta.


Acórdão do TCU

Conforme a mais recente avaliação bimestral das receitas e despesas, o “estouro” no teto dos gastos decorre de decisões do Tribunal de Contas da União (TCU) no Acórdão 2026/20. A Corte de Contas criou mecanismos para acompanhar ações de governo na pandemia do novo coronavírus.


Em agosto, o TCU recomendou ao Ministério da Economia que o eventual espaço fiscal no teto dos gastos proveniente do cancelamento de dotações já existentes no Orçamento de 2020 deverá ser direcionado “exclusivamente” para custeio de despesas emergenciais no combate à Covid-19.


Houve ressalvas importantes. “Se a folga orçamentária ocorreu na saúde, a utilização deverá ser alocada na saúde”, anotou o ministro Bruno Dantas, relator do processo. “Da mesma forma, a economia de recursos com o Bolsa Família deverá ser usada na assistência social”, continuou.


Com isso, em razão do acórdão do TCU, o Ministério da Economia revisou operações em quatro medidas provisórias de crédito extraordinário editadas neste ano (924, 941, 942 e 967) e, por conta própria, reavaliou mais uma (989). Essas cinco MPs remanejaram emendas parlamentares.


O resultado desses ajustes, segundo o quarto relatório bimestral de receitas e despesas primárias, é que suposta “folga” projetada pelo Poder Executivo em R$ 6,3 bilhões será anulada por dispêndios de R$ 8,2 bilhões, resultando então no “estouro” do teto na ordem de R$ 1,9 bilhão.


Evolução das projeções

Já no início de 2020 a equipe econômica projetava “estouro” no teto dos gastos. Na avaliação do primeiro bimestre, as despesas primárias superavam as receitas primárias em R$ 1,2 bilhão; no segundo, em R$ 2 bilhões. Apenas no terceiro bimestre surgiu uma “folga” de R$ 2,8 bilhões. No quarto, apareceu o resultado negativo de R$ 1,9 bilhão.


O Acórdão 2026/20 do TCU foi encaminhado para análise da Comissão Mista de Orçamento (CMO) do Congresso Nacional, que ainda não foi instalada. As recomendações da Corte de Contas e os relatórios do Ministério da Economia deverão ser analisados pelos parlamentares até o final deste ano.


Reportagem – Ralph Machado

Edição – Wilson Silveira


Fonte: Agência Câmara de Notícias.

Começou a corrida pelo voto na eleição mais atípica da história



 Ontem foi dada a largada oficialmente na campanha eleitoral deste ano nos 5.570 munícipios brasileiros. Num eleição totalmente atípica por causa da pandemia do Covid-19.


Mudou-se completamente o formato de impressionar o eleitor e os candidatos terão que serem criativos para se sobressaírem na disputa. Mesmo assim foram pedidas exatos 517.786 solicitações de candidaturas, já é a maior quantidade de candidatos em eleições no Brasil.


A ansiedade agora é para o deferimento ou não dos nomes. Muitas cidades, sobretudo no interior, têm muitos candidatos que sabe que não pode concorrer, mas faz convenção e registra o nome na tentativa de criar o fato político para depois substituir por um nome de sua proximidade.


Um outro fator de novidade do pleito deste ano é a ausência de coligação na chapa proporcional. Os partidos tiveram que montar chapas competitivas com atinjam o coeficiente eleitoral, caso contrário serão alijados do processo.


Por fim, vencerá quem acertar na estratégia que envolva as redes sociais e a imprensa. Por falar nas redes sociais, elas desempenharão um papel central nessa eleição.


MARÍLIA SEM VERMELHO – Está sendo muito mal vista a decisão da candidatura de Marília Arraes abandonar o vermelho de suas peças. E para pirar a situação as bandeiras da postulação da deputada federal ainda não citavam a sigla PT. Na coluna de Lauro Jardim – O Globo, ele revelou que Marília está mirando o eleitor de centro-direita e estuda a presença ou não de Lula em seu palanque.


REJEIÇÃO – Há quem diga que o fato se deve a tentativa de Marília tentar fugir da alta rejeição que o seu partido teria na capital pernambucana. Algo que tem mexido no ego de muitos petistas. Desde a prisão do ex-presidente Lula, levantar a bandeira do PT não é uma tarefa fácil, a estratégia do marketing é acertada.


EM BUSCA DO TETRA – Em Carpina, mesmo com quatro candidaturas registradas, a polarização entre Joaquim Lapa (PTB) e Botafogo (PDT) é muito forte. Ambos já governaram a cidade por três vezes e quem ganhar este ano conquistará o tetra. Já tem gente brincando com essa marca que deverá ser explorada durante a campanha.


MARCOU PRESENÇA – O deputado federal Sílvio Costa Filho, presidente estadual dos Republicanos, esteve presente no primeiro ato de campanha da reeleição da prefeita Nadegi Queiroz. em Camaragibe; foi a São Lourenço prestigiar Vinicius Labanca, depois seguiu até Surubim para pedir voto para Flávio Nóbrega.


RÁPIDAS


TENDÊNCIA DE CRESCIMENTO – Tanto na Pesquisa encomendada pelo Democratas quanto na DataVox o candidato do PSB, João Campos não só aparece ligeiramente na frente como aponta uma tendência de crescimento.


PLANEJANDO… – O presidente Bolsonaro chamou para um jantar neste domingo o líder do Governo no Senador, Fernando Bezerra Coelho, seis ministros e parte da liderança na Câmara para planejar sua agenda em Pernambuco.


…A AGENDA – O deputado federal André Ferreira, líder do PSC na Câmara, é um dos que vão compor a comitiva presidencial em sua passagem pelo Sertão pernambucano para inauguração de obras hídricas. Ele virá no avião presidencial e deve expor sua impressão sobre a eleição do Recife durante o trajeto.


REPERCUSSÃO – O artigo de Ítalo Rocha Leitão sobre Miguel Arraes foi muito bem recepcionado por nossos leitores. O jornalista da TV Globo Nordeste ficará com a missão dominical de fazer um link com o passado e emitir suas reflexões.


PINGA-FOGO: Lula virá ou não à campanha de Marília Arraes, no Recife?


Fonte : Blog do Elielson.


Nos Bastidores da Politica


 

Sílvio Costa Filho - Neste domingo (27),o Presidente estadual dos Republicanos, esteve presente no primeiro ato de campanha de Vinicius Labanca e Dr.Gabriel Neto em São Lourenço da Mata.


Sem perder tempo – Muitos candidatos aproveitaram este domingo (27),no primeiro dia de campanha para iniciar com adesivaço visitas além de continuar com as reuniões.


Nas Ruas - Neste final de semana alguns candidatos a prefeitos participaram de caminhadas e reuniões com seus candidatos a vereadores em busca de mais apoio visando as eleições do dia 15 de novembro.


Propaganda gratuita no rádio e TV - Canais de rádio e televisão passarão a transmitir a propaganda eleitoral gratuita a partir do dia 9 de outubro até o dia 12 de novembro, de segunda-feira a sábado, em dois horários. No rádio, a propaganda irá ao ar das 7h às 7h10 e depois das 12h às 12h10; já na televisão, a transmissão ocorrerá das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40.


Com Bruno - Nesta segunda-feira (28),o ex. candidato a prefeito Netinho Lapenda estará anunciando seu apoio ao atual prefeito do município Bruno Pereira no bairro da Várzea Fria as 19h onde foram realizadas as reuniões com os partidos que estarão com Bruno Pereira e Manoel Jerónimo nas eleições de Novembro Próximo.


Perguntar não ofende: Netinho Lapenda fica até quando no grupo vermelho?


Fonte: Blog do Brito

Vinicius Labanca e Dr.Gabriel Neto cumpriram agenda com candidatos a vereadores neste sabado (26)


 

Neste sábado (26),Vinicius Labanca e Dr.Gabriel Neto cumpriram agenda com vários candidatos a vereadores, professor Cassemiro,Reginaldo Lima, Jairo Vieira e Zinho Oliveira,onde os mesmos falaram as pessoas sobre suas propostas para nosso município.

                                                          Professor Cassemiro

Reginaldo Lima

                                                 Jairo Vieira                                                    

                                                                Zinho Oliveira

Fonte: Blog do Brito

Milton Micuiba fez caminhada no centro neste sábado (26)



 Neste sábado (26),o candidatoa a prefeito da frente São Lourenço a caminho da renovação Milton Micuiba esteve na feira livre no centro do município conversando com a população e lavando suas propostas ao lado de alguns candidatos vereador, Milton tem Beto Espam como seu vice.


Fonte: Blog do Brito

sexta-feira, 25 de setembro de 2020

São Lourenço da Mata: irmão do prefeito Bruno Pereira, Jairo Pereira Junior é acionado na Justiça, acusado de utilizar cargo de Secretário Municipal para promoção eleitoral


 

Em São Lourenço da Mata, Região Metropolitana do Recife (RMR), irmão do prefeito Bruno Pereira (MDB), Jairo Pereira Júnior, que ocupa o cargo de secretário de Desenvolvimento Econômico da cidade, foi acionado na Justiça por “uso indevido” do cargo para publicidade eleitoral. O Partido Republicano Brasileiro (PRB) apresentou uma Representação Eleitoral contra o chefe da pasta, após ataques ao pré-candidato a prefeito Vinicius Labanca (PSB), durante a inauguração de uma praça no bairro do Parque Capibaribe.

Em vídeo que circula nas redes sociais, Jairo Pereira Junior aparece discursando na inauguração de uma obra pública. De acordo com o documento apresentado junto à Justiça Eleitoral, o secretário “realiza um discurso inflamado para a ocasião”. Ainda segundo a Representação, após a inauguração da praça, “iniciaram os ataques ao candidato adversário”.

O PRB pede que “seja determinada a imediata suspensão do perfil A VOZ DO POVO do Facebook ou a determinação da remoção da referida postagem”, além de requerer que “seja determinada a publicação, no mesmo perfil, da íntegra da decisão a ser proferida”. Além disso, o partido requereu ao Ministério Público que o secretário Jairo Pereira Júnior seja denunciado e condenado por improbidade administrativa. Caso condenado, o irmão do prefeito pode ser multado.

Os relatos de ataques, por parte da atual gestão, ao ex-deputado estadual e pré-candidato à Prefeitura de São Lourenço da Mata, Vinícius Labanca, vem crescendo na cidade. No último dia 17 de setembro, um vídeo foi divulgado nas redes socias, no qual apoiadores do prefeito Bruno Pereira são filmados marchando e cantando palavras de ordem contra Labanca. Em certo momento do vídeo, a música entoada pela “tropa”, diz: “Vinícius Labanca no chão vai ficar”. Labanca registrou um Boletim de Ocorrência junto à Polícia Civil, e acionou o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) para apurar os fatos.

Tocador de vídeo
00:00
00:16

Confira a representação eleitoral no link abaixo:

Republicanos x B. Pereira Jairo Jr. Morgana – inauguracao praca propaganda


Fonte: FalaPE

Bate-papo com amigos de Glauba Santos


.

Muito obrigado a todos pelo carinho!
✊💛💙🇸🇱

Encontro com amigos de Cucuz do Povo.


Abraços a todos!
✊💛💙🇸🇱

A campanha no Recife esquentou

 


O clima da campanha no Recife deu uma aquecida ontem com a guerra de notas entre a Frente Popular e o grupo do ex-ministro Mendonça Filho. Tudo começou com as críticas de Mendonça a gestão de Geraldo Júlio e do governador Paulo Câmara, em seguida foi rebatido pelo líder do Governo na Assembleia, deputado Isaltino Nascimento e pelo deputado federal Felipe Carreras.

Não contendo os ânimos e numa tentativa clara de polarizar com o candidato oficial, Mendonça soltou uma nova nota chamando João Campos (PSB) para o debate. A resposta veio de pronto, João disse que Mendonça é “um eterno candidato” e lembrou a sua participação no Governo Temer. Ainda teve tréplica do ex-ministro da Educação.

As notas foram suficientes para aquecer a eleição. Mendonça ganhou por polarizar com o candidato oficial e João mostrou que não veio para brincadeira e que não levar recado para casa. Essa campanha promete ser um vulcão de emoções.

CHAPA COMPLETA – Apenas o Avante e o Podemos lançaram a chapa completa de candidatos, com 59 nomes, por sua vez o PSL e PSC lançaram 58 cada. Os demais partidos deixaram a desejar. A montagem do Avante deve-se a competência de Sebastião Oliveira, o que ele fez anos atrás no antigo PR está repetindo a dose no Avante.

NAZARÉ – A Justiça Eleitoral local negou o pedido de liminar para derrubar a sessão da Câmara de Vereadores que reprovaram as contas do ex-prefeito Nado Coutinho (PTB). Em conversa com a Coluna, os advogados do petebistas estão confiantes no TRE. Caso não possa ser candidato, Nado já tem plano B, C e até D.

PEDIDO AO PRESIDENTE – O deputado federal Fernando Rodolfo entregou ao presidente Jair Bolsonaro o pedido para a duplicação da BR 423, no trecho entre São Caetano e Garanhuns. Essa pedido é um sonho de muitos anos daqueles que moram na Suíça pernambucana.

RÁPIDAS

PÉ DENTRO – Em Carpina, a ex-deputada Cássia do Moinho (DEM) é uma das maiores apostas da Oposição para garantir uma vaga na Casa Dr. Murilo Silva. Com o apoio irrestrito do pai, o ex-prefeito Carlinhos do Moinho, Cássia poderá aparecer entre as mais votadas na eleição deste ano.

PRÓ E CONTRA – O candidato do Democratas à Prefeitura do Recife, Mendonça Filho tem o segundo maior tempo da propaganda eleitoral gratuita de Rádio e TV ao mesmo tempo que tem o menor time de vereadores.

IMBRÓGLIO – A Justiça Eleitoral decidiu que a candidatura de Cristiane Moneta para a Prefeitura de Abreu e Lima ainda está válida. De acordo com a decisão do desembargador Ruy Trezena Patu Júnior, a convenção do PSB municipal não perdeu seu efeito. A executiva estadual dissolveu o comando local.

PINGA-FOGO: A pesquisa desta semana deu tempo para refletir o cenário pós-convenção? Lembrando que os números passam 6 dias de molho até a divulgação.

Fonte : Blog do Elielson.

Projeto extingue ajuda de custo para mudança de parlamentares no início e fim do mandato

 


 Deputado Lucas Redecker fala ao microfone

Redecker: “Não é razoável a prevalência dessa ajuda de custo aos congressistas”

O Projeto de Decreto Legislativo 405/20 extingue a ajuda de custo destinada a compensar as despesas com mudança e transporte dos membros do Congresso Nacional, no início e no final do mandato.

Em análise na Câmara dos Deputados, a proposta altera o Decreto Legislativo 276/14, que prevê que a ajuda de custo será equivalente ao valor de um subsídio mensal dos parlamentares, ou seja, R$ 33,7 mil. A ajuda não é devida ao suplente reconvocado dentro do mesmo mandato.

Autor do projeto, o deputado Lucas Redecker (PSDB-RS) destaca que o Ato da Mesa da Câmara publicado no dia 12 setembro (142/20) previa que a ajuda de custo não seria devida aos parlamentares reeleitos para a legislatura imediatamente subsequente; residente no Distrito Federal; e que assumirem o mandato apenas durante o recesso parlamentar.

Porém, o parlamentar ressalta que no dia 16 o ato foi republicado, prevendo apenas que a ajuda de custo não será devida aos parlamentares que não tenham cumprido, no mínimo, 180 dias de exercício ininterrupto durante a legislatura, considerado no cômputo dos dias o período de recesso parlamentar.

“Não é razoável a prevalência dessa ajuda de custo aos congressistas eleitos, aos reeleitos, bem como os já residentes do Distrito Federal, no valor bruto de R$ 33 mil, tanto em aspecto de redução do gasto público, quanto em aspecto de mitigação de privilégios, sobretudo no momento em que os recursos precisam ser bem empregados para superarmos a crise e beneficiar a sociedade brasileira como um todo”, afirma Redecker.

Na Câmara, já tramitam outras cinco propostas com o mesmo fim (PDL 1656/14 e apensados).

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de decreto legislativo

Reportagem - Lara Haje
Edição - Natalia Doederlein

Fonte: Agência Câmara de Notícias.