Teste Teste Teste

Titulo de Cidadão

Trabalhando pela nossa Comunidade

Parceirias

com Welligton Silva

Festa da Crianças 2016

Entrevista com Wellington Silva

Inauguração da Sede dos Amigos da Várzea Fria 2016

Trabalhando pela nossa Comunidade

sábado, 19 de agosto de 2017

POSTO DE SAÚDE FECHADO EM SÃO LOURENÇO DA MATA DEIXA A POPULAÇÃO REVOLTADA



O posto de saúde que fica localizado no bairro de Nova Tiuma em São Lourenço da Mata, está fechado pelo segundo dia consecutivo, sem nenhum aviso ou informação, os pacientes não conseguiram, marcar as fichas ou pegar atestados ou remédios, eles cobram uma providência por parte da Prefeitura.

Fonte: Noticias Urgente

VEREADOR DENIS ALVES DESAFIA O PREFEITO DE SÃO LOURENÇO MATA BRUNO PEREIRA



VEREADOR AFIRMA QUE RENUNCIA O CARGO SE O PREFEITO PROVAR QUE NÃO DESVIOU OS 24 MILHÕES DE REAIS

DENIS ALVES X BRUNO PEREIRA

Durante a sessão plenária de hoje (18) o Presidente da Câmara de Vereadores
Denis Alves( PTN) desafiou o Prefeito Bruno Pereira (PTB), Denis afirmou que se o prefeito provar que não desviou os 24 milhões ele renuncia se cargo e deixa a vaga para o seu suplente , "THOGA"


Fonte: Noticias Urgente

Vereador Roco faz Denuncia de Merenda nas Escolas de São Lourenço da Mata


Vereador Roco faz Denuncia de Merenda nas Escolas de São Lourenço da Mata Assista o Video:




sexta-feira, 18 de agosto de 2017

FPM: segundo repasse do mês totaliza R$ 772 milhões e será creditado nesta sexta, 18

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) informa que o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) referente ao 2º decêndio do mês – a ser repassado nesta sexta-feira, 18 de agosto – será de R$ 772.313.112,01. O montante já leva em consideração a dedução do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).
Em valores brutos, o repasse totaliza R$ 965.391.390,01. Destaca-se que, comparando-se ao mesmo período de 2016, houve um aumento de 49,75%, sem considerar a inflação. Levando-se em consideração o valor real, ou seja, com a inflação, o crescimento foi de 46,43%.
A entidade destaca que, de acordo com a série histórica dos 2º decêndio do mês de agosto, esse repasse foi o maior já observado. Anteriormente, o ano com o maior repasse para o decêndio foi em 2006, quando foram transferidos cerca de R$ 768 milhões, em termos nominais.
A área de Estudos Técnicos da CNM aponta, ainda, que, de janeiro ao 2º decêndio de agosto, o montante de FPM totaliza R$ 55,01 bilhões, um aumento de 11,87% em relação ao transferido no mesmo intervalo do ano anterior. O percentual é nominal. Considerando os efeitos da inflação, o Fundo acumulado em 2017 tem crescimento de 7,72% em relação ao mesmo período.
Apesar do crescimento, a Confederação mantém o alerta de cautela, para os próximos meses, pois o FPM pode apresentar desempenho não favorável, devido à tendência de repasses menores no segundo semestre de cada ano.
Veja aqui a nota com valores por Estado
Fonte: CNM.

Cerca de 180 mil pessoas embarcam sem pagar todo dia no Grande Recife

Urbana/PE lançou uma campanha de conscientização e orientação ao combate às fraudes nos coletivos
Urbana/PE lançou uma campanha de conscientização e orientação ao combate às fraudes nos coletivosFoto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco
Cerca de 180 mil pessoas embarcam sem pagar todos os dias nos ônibus do Recife e Região Metropolitana. O número é equivalente a 10% dos passageiros transportados. Com o intuito de combater fraudes nos coletivos, o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros no Estado de Pernambuco (Urbana/PE) lançou, nesta quinta-feira (17), a campanha "Faça Certo".

Por outro lado, os passageiros reclamam da falta de fiscalização e de pontos de recargas inativos, no caso dos BRTs. “Acho que a maneira de inibir isso aí com segurança é colocando orientadores nos pontos para instruir o povo", observou Emerson Silva, de 26 anos. " Fora isso, a maioria do pessoal que eu vejo reclamando é que os pontos de recarga estão quebrados. Eles tem que andar até outro terminal para poderem fazer a recarga", completou Emerson. 

Segundo o consultor da Urbana/PE, Bernardo Braga, o embarque irregular é um dos grandes problemas enfrentados diariamente. "Os embarques irregulares e fraudes no sistema são um dos principais problemas que o setor de transporte público enfrenta. Eles impactam diretamente na qualidade do serviço, no conforto dos usuários e também no custo do deslocamento, ou seja, no valor da passagem", disse.

Leia também:
Itinerário de linha de ônibus que circula por Roda de Fogo é modificado


Para ajudar no processo de conscientização da população, equipes de fiscalização e orientação estarão em todos os principais corredores dos coletivos da Região Metropolitana do Recife (RMR). "A situação é grave, cerca de 10% dos passageiros transportados embarcam de forma irregular, isso representa 180 mil pessoas diariamente sendo transportadas sem efetuarem o pagamento da tarifa", afirma Bernardo.

Aumento da passagem
Ainda de acordo com o consultor, a tarifa da passagem é calculada dividindo o custo da operação pela quantidade de passageiros pagantes. "Se essa quantidade é reduzida, a passagem fica mais cara. Se a gente conseguir reduzir o impacto das fraudes, através desse esforço, conseguiremos melhorar relação entre custo e arrecadação e isso certamente pode ser repassado para a o valor da tarifa", relata.
Fonte: Folha Pe

Decisão do STF sobre impeachment de Temer sai até próxima semana, diz Moraes

Indicado por Temer, Alexandre de Moraes já foi do PSDB
Indicado por Temer, Alexandre de Moraes já foi do PSDBFoto: Carlos Moura/SCO/STF
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes disse nesta quinta-feira (17) que decidirá até o início da semana que vem sobre os mandados de segurança que querem obrigar o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, a dar um parecer sobre os pedidos de impeachment contra o presidente Michel Temer que estão no Congresso Nacional.

Leia também
Marina sugere em anúncio de TV que população faça 'Operação Lava-Voto'


Moraes foi escolhido relator do mandado protocolado nesta quinta-feira pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), com pedido de liminar, no qual pede que o STF ordene a apreciação de um pedido de impeachment contra Temer feito pela entidade em maio. O pedido foi encaminhado à Câmara, mas não foi apreciado pela Casa.

O ministro recebeu o processo por prevenção, por ser relator de um outro mandado de segurança, impetrado pela Rede, cujos deputados também pediram o impeachment do presidente.

O partido de oposição quer que o Supremo obrigue o presidente da Câmara a se posicionar a respeito de todos os 25 pedidos de impeachment contra Temer que se encontram parados na Casa. Antes da sessão plenária do STF desta quinta-feira, Alexandre de Moraes afirmou que já recebeu as informações necessárias das partes interessadas, estando apto a decidir sobre o assunto já nos próximos
Fonte: Folha Pe

Eunício afirma que salário mínimo terá pelo menos a correção da inflação


DinheiroFoto: USP IMAGENS
O presidente do Senado, Eunício Oliveira, garantiu nesta quinta-feira (17) que o salário mínimo de 2018 terá, pelo menos, o aumento de correção da inflação.

“Vamos aplicar a Lei. O salário mínimo é corrigido pela inflação dos últimos 12 meses. O que der a inflação vai ser a correção do salário mínimo. Não vai ser maior, a menos que o presidente determine que seja maior, mas menor do que o que está na Lei, nós não aprovaremos aqui no Congresso, ninguém tenha dúvida disso. Aqui no Congresso nós não vamos submeter redução do salário-mínimo”, afirmou.

Com a revisão das projeções orçamentárias, na última terça-feira (15), o valor de salário mínimo previsto para o próximo ano foi reduzido em R$ 10 e ficou em R$ 969. Neste ano de 2017, o salário mínimo em vigor é de R$ 937.

Meta Fiscal
O presidente do Senado disse que ainda que receberá e encaminhará à Comissão Mista de Orçamento (CMO) a mensagem do governo com o pedido de autorização ao Congresso Nacional para ampliar a meta fiscal de 2017 de um déficit de R$ 139 bilhões para R$ 159 bilhões.

O senador acrescentou que conversou hoje com o presidente da República, Michel Temer, com a equipe econômica e com o presidente da CMO, Dário Berger (PMDB-SC), e que o esforço é para que a proposta seja aprovada até o fim deste mês.

“O Congresso tem responsabilidade com isso. Nós sabemos das dificuldades. Não podemos contribuir com a irresponsabilidade de o Brasil não ter como pagar seus funcionários, de o Brasil não ter como pagar os aposentados, aqueles que não têm alternativa, como os que recebem um salário mínimo de aposentadoria”, justificou.
Fonte: Folha Pe

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...