Teste Teste Teste

Homenagem ao Dia das Mães 2015

Trabalhando pela nossa Comunidade

Passeio Parque da Jaqueira

com Welligton Silva

Sabrina Rocha Tv Globo

Entrevista com Wellington Silva

Reunião COMAD 2015

Trabalhando pela nossa Comunidade

segunda-feira, 6 de julho de 2015

PREFEITURA DE SÃO LOURENÇO TEM DADO APOIO AS FAMILIAS DESABRIGADAS NA VARZEA FRIA

eu Wellington Silva Estive Com Marineide Silva e presenciei quando foi entregue, cobertores, cestas basicas as pessoas que estão na antiga pipoqueira no bairro da varzea fria, e neidinha e sua equipe tem feito seu trabalho desde o desabamento, queremos parabenizar a ela, ao Vice prefeito Gino pois tao dando todo suporte as familias, alguns sites de noticias de sao lourenço da mata estão publicando inverdades dizendo que a prefeitura virou as costas para os desabrigados, que eles estão sem cobertor alimentos e agua, eu wellington silva quero dizer que e uma mentira estive na pipoqueira e graças a Deus não tem faltado nada para eles 4 familias estão na pipoqueira e 3 estão nas casas de parentes, eu acho que a imprensa tem que publicar a verdade e não mentira.

"Não" do povo grego põe fim ao sonho europeu.

Votos são contados em Atenas neste domingo

Quando os historiadores do futuro forem narrar os tempos atuais, é provável que destaquem o dia de hoje como o início do fim de um sonho – o sonho europeu. Com a virtual derrota do “sim” no plebiscito na Grécia (na foto, a contagem de votos), tornou-se virtualmente inevitável que o país abandone o euro (ou quase isso, como já escrevi aqui). A criação de uma nova moeda grega, provavelmente o dracma, ou o uso de títulos de dívida pública para saldar obrigacões imediatas do governo, dará uma ilusão de normalidade, mas não resolverá os problemas 

ATERRO DE ESCOLA NO CAIARÁ CONTINUA DESABANDO E COLOCA EM RISCO CONSTRUÇÃO.

Controle Social de São Lourenço da Mata esteve novamente em visita a escola em construção no bairro do Caiará.

"ONTEM, 04/07/2015. ESTIVE NO BAIRRO DE CAIARÁ PARA MAIS UMA VEZ FISCALIZAR A OBRA DE CONSTRUÇÃO DA ESCOLA INFANTIL E OBSERVEI QUE O ATERRAMENTO ESTÁ DESABANDO E QUE POSSIVELMENTE TRARÁ DANOS IRREPARÁVEIS A OBRA. O CONTROLE SOCIAL IRÁ ACIONAR O MPPE, O TCE E VAI TENTAR VIABILIZAR UMA INSPEÇÃO NA OBRA PELO CREA." disse Zeca da Telpe.



Chuvas continuam a remover o aterro realizado pela prefeitura (leia-se ex-secretário de planejamento Ivaldo Beltrão) e pode trazer junto parte do prédio onde está sendo construído área de convivência.  



Ambiente pouco saudável para o trânsito de crianças e moradores da localidade. Lixo espalhado trás animais (ratos) e insetos (inclusive escorpiões) indesejáveis as pessoas. 


 
Canteiro de obras parece um lixão.

Daniel Coelho passa a integrar a Executiva Nacional do PSDB

16981890905_610dae7213_c
 
 
O deputado federal Daniel Coelho (PSDB) foi um dos membros do partido escolhidos para integrar a Executiva Nacional do PSDB, oficializada em convenção reaizada neste domingo, em Brasília. O evento reconduziu o senador Aécio Neves para a presidência da sigla.
Pernambuco ficou com três representantes na Executiva, sendo o deputado federal Bruno Araújo um dos vice-líderes e a presidente da Jucepe, Terezinha Nunes, uma das suplentes.
Historicamente, Pernambuco contava com dois nomes integrando a Executiva do PSDB. Na última convenção nacional, Bruno Araújo e Sérgio Guerra – ex-deputado, falecido no início de 2014 – eram os representantes do Estado na instância máxima da legenda.
Segundo Daniel Coelho, a convenção serviu não apenas para fortalecer o PSDB em Pernambuco, mas também para demonstrar a unidade do partido em torno da liderança do senador Aécio Neves, que nas últimas eleições presidenciais recebeu mais de 51 milhões de votos.
Reeleito vice-presidente nacional do PSDB, o deputado federal e líder da Minoria na Câmara dos Deputados, Bruno Araújo, ressaltou em seu discurso na convenção nacional do partido, neste domingo (5), em Brasília, que o Brasil vive hoje sob à égide de um governo “eu se elegeu na base da mentira”.
O tucano lembrou que desde o final das eleições presidenciais a crise econômica do país só se agravou com a perda de mais de um milhão de empregos. Acredita Bruno que o PSDB saíra da convenção desde domingo cada vez mais unido para continuar o papel que lhe foi delegado pela sociedade brasileira: o de conversar com o povo e apontar soluções para mudar o Brasil.
“Estamos sob um governo que se elegeu na base da mentira. Um governo, que desde aquele fatídico domingo, quando grande parte dos brasileiros se frustraram com o resultado das urnas, de lá pra cá mais de um milhão perderam emprego. Nós estamos sob um governo que não teve critérios nem limites para impor uma reeleição ao custo do desemprego dos brasileiros, do fim do Pronatec, da perda de recursos do Fies. Estamos sob um governo que mentiu para a sociedade e sob um partido que passou a mão no dinheiro público das estatais. O Brasil conhece uma presidente que mentiu, que não tem capacidade de gerenciamento, que não diz nada com nada, que a sociedade não compreende. O PSDB está unido para enfrentar esse momento. Esse Brasil o PSDB não aceita. E pode ter certeza de que a nossa unidade nos fará sair dessa convenção cada vez mais fortes para continuar conversando com a sociedade e mostrando soluções”.
Fonte : Blog de Jamildo.

Rede conta com liberação de registro no TSE em agosto


A Rede Sustentabilidade, grupo político da ex-ministra Marina Silva, espera que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) dê o aval para o registro oficial do partido em agosto, na volta do recesso do Judiciário. Em reunião do diretório nacional neste fim de semana, os integrantes do grupo já começaram a organizar a formalização da legenda e marcaram a data do congresso nacional do partido para novembro, contando com a liberação da Justiça eleitoral.
No final de maio deste ano, a Rede entregou ao TSE mais fichas de apoio para viabilizar a criação do partido. De acordo com Bazileu Margarido, porta-voz do grupo, na última semana a área técnica do Tribunal já certificou a validade de mais 55,7 mil assinaturas. “Esse número ultrapassa as assinaturas necessárias para o registro. Como é o único item que faltava ser cumprido, nossa expectativa é que ainda no mês de agosto seja julgado”, afirmou Margarido.
Em 2013, a Rede teve pedido de registro negado pelo TSE por não obter apoio mínimo exigido pela legislação eleitoral para criação de novo partido. Na ocasião, faltaram pouco menos de 50 mil assinaturas para serem validadas. O relator do processo de criação da Rede no TSE atualmente é o ministro João Otávio de Noronha, corregedor-geral da Justiça Eleitoral.
Após o registro oficial, o grupo pretende ainda discutir uma revisão no estatuto e outros pontos como a oficialização dos militantes como filiados do partido.
Durante as reuniões do final de semana, a Rede discutiu também impactos do ajuste fiscal. Marina Silva participou do debate e, de acordo com presentes no encontro, manifestou preocupação com a necessidade de que medidas econômicas sejam desenhadas de forma a poupar os segmentos mais vulneráveis da sociedade.
(Fonte: Estadão Conteúdo)

Novo homem-bomba arrepia partidos


A prisão de Jorge Zelada na quinta-feira deixou "meio Congresso de cabelo em pé", segundo um peemedebista. Deputados que tinham relações com o ex-diretor da Petrobras temem que surjam gravações e registros que arrastem a bancada do PMDB para a crise. A Petrobras sabia desde 2013 que Zelada havia participado de irregularidades na contratação do navio-sonda da empresa Vantage. A informação é de Vera Magalhães, na sua coluna da Folha de S.Paulo desta segunda-feira.
 
Auditoria daquele ano -- diz a colunista --, descobriu que o então diretor recebia em seu e-mail pessoal as propostas comerciais, apesar de haver uma comissão de negociação.
A empresa dizia que Zelada não submeteu as negociações à diretoria-executiva da estatal e criou "ambiente favorável para que os negócios celebrados tivessem não conformidades".
Fonte : Blog do Magno Martins

CPI da Petrobras e reforma política devem movimentar Câmara

Votação do projeto da redução da maioridade penal. Luis Macedo / Câmara dos Deputados
Câmara dos Deputados deve retomar esta semana as votações em segundo turno da reforma política. Luis Macedo / Câmara dos Deputados
Após uma semana tumultuada e marcada pela aprovação, em primeiro turno, da proposta de emenda à Constituição que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos, nos casos de crimes hediondos, a Câmara dos Deputados vai retomar esta semana as votações em segundo turno da reforma política.
A votação em primeiro turno começou no fim de maio e foi concluída no dia 17 de junho. Agora, os deputados deverão retomar as votações dos temas aprovados em primeiro turno. Entre eles estão o fim da reeleição, os cinco anos de mandato para os ocupantes de todos os cargos eletivos, o acesso ao Fundo Partidário e ao tempo de rádio e TV apenas para legendas com, pelo menos, um deputado eleito.
Estará em discussão também o financiamento privado de campanhas, com doações de empresas a partidos políticos. Sobre esse último ponto, os deputados precisam alterar a legislação ordinária para disciplinar as doações. Como se trata de matéria que altera a Constituição, as votações têm que ocorrer em dois turnos, antes de serem encaminhadas para o Senado.
“Nosso objetivo primordial é concluir o segundo turno da reforma política e o projeto infraconstitucional da mudança da Lei Eleitoral. Isso é fundamental, porque tem que ser enviado ao Senado para que a gente possa ter isso valendo para as eleições de 2016”, disse o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).
Ao lado da votação da reforma política, a Comissão Parlamentar de Inquérito da Petrobras deve movimentar a semana na Câmara dos Deputados, com os depoimentos do ex-ministro chefe da Controladoria Geral da União Jorge Hage, para falar sobre o caso da SBM Off Shore.
Haverá depoimento do presidente do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), Carlos Barreto, e da viúva do ex-deputado José Janene. Ocorrerão também as acareações entre o ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque e o ex-gerente de Serviços e Engenharia da estatal Pedro Barusco, e de Barusco com o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto.
A Câmara deve votar na terça-feira a Medida Provisória 671/15, que trata do refinanciamento das dívidas fiscais e trabalhistas dos clubes de futebol profissional e das normas de responsabilidade fiscal e gestão. O relatório do deputado Otavio Leite (PSDB-RJ) fixa em até 240 meses o prazo de parcelamento das dívidas dos clubes, sejam de futebol ou não, além de prever parcelas menores nos 60 primeiros meses.
O deputado propõe a criação de uma nova loteria federal instantânea, na forma de raspadinha, em parceria com a Caixa Econômica Federal. Parte dos recursos arrecadados com a loteria deverá ser destinada aos clubes, com a condição de que eles usem a verba para investir nas categorias de base e subsidiar ingressos a preços populares
O plenário poderá votar o Projeto de Lei 1358/15, que muda o índice de correção do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, cuja urgência foi aprovada na última terça-feira (30). Pela proposta, os depósitos feito0s a partir de 1º de janeiro de 2016 serão corrigidos pela TR mais 0,5% ao mês, quando a taxa Selic for superior a 8,5% (atualmente a taxa está em 13,75%).
Quando os juros forem inferiores a 8,5%, a correção será TR acrescida de 70% da taxa Selic. É o mesmo cálculo aplicado hoje às cadernetas de poupança. Atualmente a correção é feita com base na taxa referencial (TR), em torno de 0,1% ao mês, mais juros de 3% ao ano.
Fonte : Blog de Jamildo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...