Teste Teste Teste

quinta-feira, 13 de julho de 2017

NOTA DE ESCLARECIMENTO: Por: Dr. Charles Lucena



Aos queridos amigos e pacientes, esclareço que deixei de fazer parte do quadro clínico do Hospital Petronila Campos, em São Lourenço da Mata, devido não concordar em manter aberto o plantão do hospital em 26/06/17 para pacientes classificados como verdes, isto é, menos graves, em decorrência de não haver nenhuma ambulância no hospital naquele momento, e assim estando completamente impossibilitado de transferir pacientes graves e já com senhas fornecidas pela Central de Regulação do Estado de Pernambuco, pacientes estes que já estavam sofrendo há cerca de 4 dias esperando uma remoção, inclusive um paciente renal crônico descompensado e um infartado, e nenhuma providência dada até aquele momento, pela Sra. Karla Nogueira, diretora administrativa do hospital, pelo Dr. Breno Nogueira, Secretário de Saúde, logo, resolvi por minha conta e em concordância de todos os outros médicos plantonistas da Clínica Médica, da Pediatria e da Obstetrícia, restringir o plantão do hospital, passando a receber apenas pacientes que chegassem graves, evitando assim mais sofrimento da população. Pois como poderíamos ficar atendendo pacientes na emergência com menor gravidade e ao mesmo tempo ficar dando atenção e suporte aos 3 pacientes gravíssimos que já estavam lotados na sala vermelha sem perspectiva, naquele momento, de serem removidos para Hospitais que atendessem melhor suas necessidades? E se chegasse na emergência mais um paciente adulto ou criança grave, ou mesmo uma gestante de alto risco? Como seriam transferidos? Pois pasmem, após receber ligações das duas pessoas hierarquicamente superiores a mim, isto é, Sra. Karla Nogueira e Dr. Breno Nogueira, pedindo que mesmo assim eu abrisse o plantão, considerei que o paciente estaria em primeiro lugar e que naquele plantão o grande responsável era eu, e assim decidi manter fechado até alguém resolver o problema de transporte dos pacientes que já estavam ali e que fosse deixada pelo menos uma ambulância na frente do hospital para outras emergências que por ventura surgissem. Em menos de 60 minutos providenciaram uma ambulância e assim foram iniciadas as transferências dos pacientes graves e por consequência o plantão foi reaberto. Entretanto, por esse motivo, resolveram me afastar dos plantões e de meus pacientes, lamento, pois como médico, continuo em qualquer outro lugar, mas não terei a oportunidade de continuar ajudando as tantas pessoas que me procuram por lá. Informo que continuo trabalhando no CEMEC de Camaragibe e na UTI do Hospital Maria Vitória. Abraços em todos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...