Teste Teste Teste

segunda-feira, 7 de maio de 2018

Longas filas marcam reta final do prazo para regularização eleitoral

Eleitores formam longa fila na reta final de funcionamento de cartório eleitoral
Eleitores formam longa fila na reta final de funcionamento de cartório eleitoralFoto: Julya Caminha/Folha de Pernambuco
Eleitores formaram longas filas nesta segunda-feira (7) na Central de Atendimento ao Eleitor do Recife (Caec), no bairro de São José, na área central da Capital. Eles buscam regularizar a situação com a Justiça Eleitoral através dos serviços da emissão do primeiro título, alteração de dados, regularização de título cancelado, transferência de domicílio eleitoral e regularização da biometria. O prazo chega ao fim na próxima quarta-feira (9), às 16h. A Central abre às 8h.

A coordenadora do Caec, Marta Vaz, afirma que foram distribuídas, nesta segunda, cerca de 850 senhas, que se esgotaram às 10h. “Começamos a distribuir às 8h. Teve gente que chegou umas 5h aqui. O atendimento é por agendamento e por senha, mas não tem mais vaga para agendar”, explicou a representante do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), acrescentando que ainda serão distribuídas mais 800 fichas nos dois últimos dias.

Leia também:
Cartórios eleitorais funcionam até quarta
TRE-PE alerta para o prazo do cadastro eleitoral


“Quem não recebeu ficha vai precisar voltar. Aconselho os eleitores que estão precisando de atendimento que cheguem cedo para conseguir senha. Esses últimos dias são complicados”, alertou Marta. “Desde fevereiro a Central aumentou a capacidade de 11 para 40 kits de atendimento e os eleitores não vinham, só deixaram para a reta final”, acrescentou. 

   Filas

A aposentada Maria Menina, de 61 anos, desistiu de tentar atendimento após ver a grande quantidade de pessoas na fila. “Eu vim transferir o título, vi esse absurdo aqui de pessoas e desisti. Já tenho problema de artrose no joelho, estou fazendo tratamento e ficar em uma fila em pé é um absurdo”, criticou.

Outros eleitores conseguiram agendar o atendimento antes do encerramento das vagas e não enfrentaram transtornos. “Agendei quinta-feira no site e consegui vaga. Não consegui tirar antes e perdi o dia de trabalho para estar aqui”, contou a doméstica Estefânia Maria, de 57 anos. A estudante Thaís Maurício, de 18 anos, também conseguiu agendar. “Fiz o agendamento no site no domingo e o atendimento foi bem rápido, não enfrentei fila”.

Quem conseguiu pegar senha precisou enfrentar horas na fila. “Vim tirar a primeira via. Cheguei umas 7h e está tudo tranquilo, mas a fila está conturbada, tem muitas pessoas nervosas para resolver”, disse a estudante Adrielle Carla, de 19 anos. A psicóloga Rosângela Araújo, de 59 anos chegou ao Ceac por volta de 7h30. “Peguei a ficha 214. A fila está tranquila, organizada e estão orientando bem a gente”.

Alguns eleitores chegaram cedo, mas não conseguiram senhas, como o zelador José Elias, de 47 anos. “Eu vim fazer a transferência de Glória da Goitá para o Recife e a biometria. O brasileiro toma decisão de última hora e por isso vim só hoje. Não tivemos uma informação concreta quando chegamos aqui, estamos a ver navios e esperando”, reclamou.

Segundo Marta Vaz, quem não for atendido vai ter que voltar à Central depois do período eleitoral para receber a certidão circunstanciada. “Vamos dar essa certidão àquelas pessoas que compareceram e não foram atendidas por conta do fechamento do cadastro. A validade é novembro”, pontuou. A coordenadora alerta que não há nenhuma possibilidade de prorrogação do prazo. “É lei. Não pode haver movimentação no cadastro eleitoral a partir de 151 dias antes da eleição”, frisou.
Fonte: Folha Pe

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...