Teste Teste Teste

segunda-feira, 25 de junho de 2018

Alvo de ataques, Sergio Ramos comanda Espanha por classificação contra o Marrocos

Sergio Ramos, capitão da Espanha
Sergio Ramos, capitão da EspanhaFoto: Luis Acosta/AFP
seleção do Marrocos contará com dois grandes reforços para o duelo com a Espanha, nesta segunda-feira (25), em Kaliningrado. Ao menos na torcida. Fãs do Liverpool (ING) e do Egito provavelmente estarão ligados no jogo para se juntar aos marroquinos, com atenção especial em secar um espanhol: Sergio Ramos.

Desde que participou do lance que lesionou Mohamed Salah e o tirou da partida na última final da Liga dos Campeões, vencida em maio por seu Real Madrid (ESP) sobre o Liverpool do egípcio, Ramos é certamente um dos atletas mais odiados do mundo. E ele não faz questão de reverter essa imagem. Só nas últimas semanas, o capitão da Espanha rebateu declarações de Roberto Firmino, companheiro de Salah no Liverpool, de Diego Armando Maradona e discutiu em campo com o técnico português do Irã, Carlos Queiroz.

Leia também:
Portugal enfrenta treinador 'pai' de CR7 em jogo contra Irã
Diego Costa marca e dá vitória à Espanha contra o Irã
Portugal leva pressão do Marrocos, mas é salvo por CR7


Antes mesmo da Copa começar, Firmino disse que Ramos foi "idiota" tanto no lance que originou a lesão de Salah como na trombada com o goleiro do clube inglês Karius, que teve uma concussão durante a partida, mas que não pode ser creditada ao choque entre os dois. "Daqui a pouco o Firmino vai dizer que ficou resfriado porque uma gota de suor minha caiu sobre ele", disse Ramos em resposta ao atacante brasileiro.

O episódio com Maradona envolveu uma declaração do ídolo argentino de que o zagueiro do Real Madrid não é um craque, como por exemplo, em sua opinião, é o uruguaio Diego Godín. Sergio Ramos respondeu dizendo que respeita Maradona, mas que o maior jogador da história da Argentina é Lionel Messi.

No confronto com o Irã, o zagueiro discutiu com Carlos Queiroz. Após o jogo, depois de o espanhol Carvajal reclamar da falta de lealdade dos iranianos, Queiroz respondeu que o lateral direito deveria olhar mais para o próprio elenco e ver quem é que "tirou um egípcio da Copa do Mundo", referindo-se à lesão no ombro de Salah.

Sergio Ramos parece pouco se importar. E o ambiente de hostilidade entre colegas do futebol não é uma novidade para ele. Contratado pelo Real Madrid em 2005, o zagueiro nascido na Andaluzia abraçou a causa madridista, que transcende os gramados. Seu companheiro de zaga na seleção, Gerard Piqué, é catalão e publicamente favorável à independência da Catalunha. Toda vez que Piqué joga pela equipe nacional fora de sua terra natal, é vaiado pela posição independentista. Ramos, capitão do clube de Madri, não toma muito partido na defesa do colega.

Ficha do jogo

ESPANHA
David de Gea; Jordi Alba, Sergio Ramos, Gerard Pique e Dani Carvajal; Koke, Thiago Alcântara, Isco, David Silva; Diego Costa, Iago Aspas. T.: Fernando Hierro

MARROCOSMonir El Kajoui; Achraf Hakimi, Sahem Ghanem, Mehdi Benatia, Hamza Mendyl; Karim El Ahmadi, Hakim Ziyach, Mbark Boussoufa, Younes Belhanda, Noureddine Amrabat; Khalid Boutaib. T.: Herve Renard

Local: Kaliningrado
Horário: 15h (de Brasília) desta segunda
Juiz: Ravshan Irmatov (UZB)
Fonte: Folha Pe

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...