Teste Teste Teste

quarta-feira, 20 de junho de 2018

Paulo Câmara promove reforma no 1º escalão

Paulo Câmara
Paulo CâmaraFoto: Hélia Scheppa/SEI
Com as eleições estaduais batendo à porta, o governador Paulo Câmara (PSB) anunciou, nesta terça-feira (19), os nomes de alguns novos secretários estaduais, promovendo assim uma reorganização de forças na base governista. A reforma do Secretariado estadual - que era aguardada desde que alguns auxiliares se desincompatibilizaram para disputar a corrida eleitoral há mais de três meses - deverá ser concluída até a próxima sexta-feira. PP e MDB ganharam mais espaços, enquanto o SD perdeu uma pasta que havia sido prometida.

Os progressistas indicaram o advogado Antônio Mário Pinto para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Carlos Vilar para o presidente do Complexo de Suape. Vilar era presidente do Porto do Recife, que ainda está com situação indefinida, porém está na cota do PP. O ex-prefeito de São Lourenço da Mata, Gino Albanez - ligado ao deputado estadual Vinicius Labanca, que trocou recentemente o PSB pelo PP -, foi ventilado para assumir o Porto do Recife, mas o partido ainda avalia. Além destes espaços, os progressistas comandam o Lafepe, o Ipem, a Ilha de Fernando de Noronha e a Secretaria de Desenvolvimento Social. Nos bastidores, socialistas demonstram desconforto pelo tamanho que o PP possui no governo estadual.

Já o MDB, que havia perdido a pasta de Desenvolvimento Econômico para o PP, ganhou duas Secretarias: Marcos Baptista assume a Secretaria de Planejamento e Gestão e Bruno Lisboa, a de Habitação. Além destas, os emedebistas comandam a Secretaria de Micro e Pequenas Empresas, Trabalho e Qualificação. A novidade para alguns socialistas foi a pasta de Planejamento passar para as mãos de outro partido. Com essa troca, Márcio Stefanni (PSB) passará a comandar a Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer. Já o interino Antônio Júnior, ligado ao deputado federal Sebastião Oliveira (PR), será oficializado na Secretaria de Transportes. Marília Lins, todavia, segue como secretária de Administração em exercício. 

Surpreso, o presidente estadual do SD, deputado Augusto Coutinho, disse que havia um entendimento entre o ex-secretário de Habitação, deputado federal Kaio Maniçoba, e o governador. “Causa desconforto grande, mas vou sentar com o partido para avaliar o que faremos”, afirmou. Incomodados, outros integrantes do SD já defendem, nos bastidores, reavaliar a posição do partido em relação à manutenção na Frente Popular.
Fonte: Folha Pe

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...