.

quarta-feira, 27 de junho de 2018

Suécia vence o México por 3 x 0 e ambas seleções se classificam às oitavas

Matthias Hangst/Getty Images
Pin this!
MATTHIAS HANGST/GETTY IMAGES



A Suécia garantiu vaga, em primeiro lugar, nas oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia, nesta quarta-feira (27/6). Isso porque a seleção escandinava derrotou o México por 3 x 0, graças aos gols de Augustinsson, Granqvist e Álvarez (contra), na Arena Ecaterimburgo, em Ecaterimburgo. O resultado, pela terceira rodada do Grupo F, também classificou a equipe da América do Norte, pois os alemães, atuais campeões mundiais, tropeçaram diante da Coreia do Sul.
A partida tem como ilustres espectadores os jogadores e a comissão técnica do Brasil, que pode enfrentar uma das duas equipes na próxima fase – os brasileiros encaram a Sérvia também nesta quarta, às 15h, em Moscou, pelo Grupo E.
Antes do jogo
A seleção da América do Norte e os escandinavos entraram em campo com a bola nos pés e a calculadora nas mãos. A chave está embolada e os quatro times chegam à última rodada com chances de classificação.
O México tinha posição mais confortável. Com seis pontos conquistados em duas vitórias, precisava apenas de empate para garantir a vaga. Já os suecos tinham três e buscam a vitória para somar seis, igualar os mexicanos e avançar pelos critérios de desempate – saldo de gols, número de gols feitos, confronto direto e cartões amarelos e vermelhos. Se permanecer a igualdade, a definição ocorrerá por sorteio.
A situação do grupo é tão peculiar que a Alemanha também pode chegar aos seis pontos caso vença a Coreia do Sul, em partida na mesma data e horário, em Kazan. Se isso ocorrer, será eliminada uma seleção que vencerá dois jogos na primeira fase. Fato que só aconteceu na Copa do Mundo de 1982, com a Argélia. Na ocasião, os argelinos foram despachados por Alemanha Ocidental e Áustria no saldo de gols.
Mas o Grupo F do Mundial da Rússia pode reservar surpresa ainda mais distinta do que essa. A Coreia do Sul, que tem duas derrotas até agora, pode se classificar com apenas três pontos se vencer os alemães e o México bater a Suécia. Empataria em pontos com Alemanha e Suécia e dependeria, claro, dos critérios de desempate.
Os mexicanos pretendem deixar todas as contas de lado, fazer os gols necessários para se classificar em primeiro da chave e possivelmente escapar de um confronto com o Brasil já nas oitavas de final.
Essa é a estratégia do técnico colombiano Juan Carlos Osorio, que venceu a Alemanha na estreia, por 1 x 0, e em seguida bateu a Coreia do Sul, por 2 x 1. Chegou à Rússia contestado pela oscilação da equipe nos amistosos preparatórios para a Copa do Mundo. Com a campanha empolgante até aqui, fez questão de elogiar os jogadores. “Não me surpreende o que conseguimos até agora”, disse, ao aumentar a confiança dos atletas.
Os contra-ataques serão a principal arma mexicana para conquistar a sétima classificação à oitavas de final seguida em Mundiais. Nas seis anteriores, porém, foi eliminada. Um trauma que Juan Carlos Osorio tenta superar junto à seleção com a ajuda de um psicólogo do esporte.
A Suécia, por sua vez, visa esquecer a derrota para a Alemanha no último jogo por 2 x 1, com gol sofrido aos 49 minutos do segundo tempo. A vitória na estreia sobre a Coreia do Sul, por 1 x 0, não foi convincente. Para obter a vaga, vai ter de apresentar um futebol bem melhor.
Os questionamentos pela ausência do astro Zlatan Ibrahimovic na convocação da seleção sueca ainda pairam sobre o técnico Janne Andersson. Para ele, a instabilidade neste Mundial e a desconfiança do potencial da equipe sem o craque são coisas do passado.
“Acredito que tudo o que passou nos deixou mais fortes"
Janne Andersson, técnico da Suécia
Para incentivar os jogadores na preleção da decisiva partida desta quarta-feira (27), Janne Andersson pode voltar no tempo 60 anos. Em junho de 1958, a Suécia bateu o México por 3 x 1 na estreia da Copa do Mundo que foi anfitriã. O time da casa só pararia no Brasil, na final, quando fora derrotado por 5 x 2, com dois gols de um tal menino Pelé, de 17 anos, que vestia a camisa 10. Ou seria melhor não lembrar disso?
Ficha técnica:
México x Suécia
Copa do Mundo da Rússia 2018
Grupo F – 3ª rodada
11h

Arena Ecaterimburgo
Ecaterimburgo (RUS)
México
Guillermo Ochoa; Carlos Salcedo, Héctor Moreno, Hugo Ayala e Jesús Gallardo; Miguel Layún, Héctor Herrera e Andrés Guardado; Carlos Vela, Javier Hernández e Hirving Lozano
Técnico: Juan Carlos Osorio
Suécia
Robin Olsen; Mikael Lustig, Victor Lindelöf, Andreas Granqvist e Ludwig Augustinsson; Viktor Claesson, Sebastian Larsson, Albin Ekdal e Emil Forsberg; Marcus Berg e Ola Toivonen
Técnico: Janne Andersson
Árbitro: Nestor Pitana (ARG)
Fonte: Metropoles