Teste Teste Teste

segunda-feira, 9 de julho de 2018

Unidades socioeducativas de PE serão inspecionadas por organização mundial


Funase Caruaru
Funase CaruaruFoto: Agnaldo Lima/Arquivo Folha
Organização Mundial de Prevenção e Combate à Tortura(OMCT) começou neste domingo (8) sua visita a Pernambuco para inspeção nas unidades do Sistema Socioeducativo do Estado. A programação incluiu visita da comitiva ao Centro de Acolhimento Socioeducativo de Caruaru, no Agreste. Depois, o grupo voltou para a Região Metropolitana do Recife para visitar mais dois endereços na Capital, sendo a unidade feminina de Santa Luzia, no bairro da Iputinga, e o Conselho Estadual da Criança e do Adolescente, na Soledade, área central do Recife.

Na terça (10), a programação segue com um encontro organizado para 40 agentes socioeducativos discutirem sobre prevenção e combate à tortura.

A visita acontece após o registro de uma série de denúncias de violências, violação de direitos, rebeliões e fugas. Razão para uma parceria do Gabinete de Assessoria Jurídica às Organizações Populares (Gajop) e a OMCT com o intuito de acompanhar a incidências de violência nas unidades, além de contribuir na formação de agentes socioeducativos e se articular com a Rede Socioassistencial local.

Segundo o coordenador de projetos do Gajop, Romero Silva, a vinda da Organização tem o intuito de repercutir a situação de violência dentro dessas unidades. “Estamos entre os Estados que mais matam dentro de sistemas socioeducativos. Por isso, depois dessa visita, conversaremos com o Conselho Estadual para gerar um documento que mostre o que será preciso desenvolver e melhorar”, aponta.

Leia também:
Ex-funcionário da Funase é encontrado morto em casa
MPPE apura abuso contra reeducandas no Case Santa Luzia, no Recife
Adolescente sofre estupro coletivo no Case da Funase de Garanhuns


No grupo escalado para as inspeções está o uruguaio, Dr. Luis Ernesto Pedernera Reyna, membro do Comitê da ONU sobre os Direitos da Criança e do Conselho Nacional Honorário e Consultivo da Infância e da Adolescência do Uruguai. Ele é especialista em coordenação de sistemas de monitoramento de unidades de internação para crianças e adolescentes e trabalha voltado contra a tortura. 
Fonte: Folha Pe

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...