Teste Teste Teste

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Oposição de São Lourenço da mata chaga para as eleições de 2020 enfraquecida

Com o afastamento do prefeito Bruno Pereira em Setembro de 2017, o vice-prefeito Dr.Gabriel Neto, assumiu a prefeitura de São Lourenço da mata interinamente e com ele estavam os vereadores, Denis Alves Atual presidente da Câmara, Leonardo Barbosa, Roco Fruta e Maestro Carlos, o Ex-vereador Gilberto Monteiro entre outros apoiadores que ficaram juntos até sua saída. 
Com sua saída e consequentemente a volta do prefeito Bruno Pereira, este grupo político de oposição não continuaram juntos, cada um foi para direções diferente visando as eleições de 2018, este foi o erro primordial que resultou no fracassou das urnas nas eleições deste ano 
Poderemos citar aqui em São Lourenço da mata vários exemplos de uma oposição enfraquecida devido a este tipo de atitude individualista de membros políticos da cidade que refletiu no resultado do domingo (7).
Exemplo 1-a começar pela maior forca politica de oposição no município Vinicius Labanca onde o mesmo obteve uma votação muito a baixo esperado com, 10,194 em 2014 para 5.230 no pleito de 2018 uma redução de 4.964 votos, uma redução significativa que contribuiu e muito para sua não reeleição, sem contar com um palanque reduzido, um único nome de peso era do Ex-prefeito do município Gino Albanes e algumas lideranças. 
Exemplo 2-Foi a votação pífia dos candidatos apoiado pelo grupo politico comandado pelo vice-prefeito Dr.Gabriel Neto, o candidato a estadual Everaldo Cabral em 2014 teve 1.165 votos em já 2018 teve 1.042 votos, o candidato a deputado federal Tadeu Alencar em 2014 teve 1.066 votos, em 2018 teve 1.415 votos, mesmo com um aumento de 349 votos em sua votação ficou muito distante de um grupo considerado a terceira forca politica do município. 
Exemplo 3 - Mesmos tentando com uma dobradinha no município e fazer o conhecido voto casado isso não deu certo, para o vereador Leonardo Barbosa em 2014 Lula Cabral obteve 1.443 votos, fazendo dobradinha no município com Augusto Coutinho para federal que teve 947 votos, já 2018 Leonardo Apoiou a filha de Lula, Fabíola Cabral que obteve 1.223 votos, cerca de 220 votos a menos do que seu pai, se podemos dizer algo positivo foi o aumento da votação de Leonardo em 2016 o mesmo obteve 1.244 votos para vereador e agora, 2.332 votos para deputado federal,1.088 votos a mais, sabendo que são eleições totalmente diferentes. 
Exemplo 4 - Longe do esperado foi a votação do vereador Denis Alves conhecido como o homem de ferro, sua votação foi quase igual no município que a de vereador em 2016, que foi de 1.048 votos, agora em 2018 para deputado estadual foi de 1.056 votos, com desempenho abaixo do esperado por ter dois vereadores lhe apoiando Roco Frutas e Maestro Carlos, outra coisa que chamou atenção foi a votação que os três vereadores deram ao deputado Federal que eles apoiaram no município Marinaldo Rosendo cerca 354 votos.
Fonte: Blog Do Brito

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...