Teste Teste Teste

sábado, 1 de dezembro de 2018

Fachin nega pedido do suplente de Queiroz e caso vai ao pleno

O ministro Edson Fachin indefiriu o pedido de assistência formulado por Manoel Jerônimo Neto e acolheu agravo do MPEFoto: Pedro Ladeira/Folhapress

Em decisão com data do último dia 29, o ministro do Tribunal Superior Eleitoral, Luiz Edson Fachin, indeferiu o pedido feito pelo defensor público Manoel Jerônimo Neto para ser parte no processo que envolve o registro de candidatura do deputado estadual eleito, José Queiroz. A iniciativa do suplente deixou Queiroz bem surpreso, a ponto de ter dito, a pessoas próximas, que não sentaria mais, sequer, à mesa com Manoel Jerônimo, como a coluna cantara a pedra. No documento em que nega a solicitação do defensor, Fachin diz o seguinte: "Indefiro o pedido de assistência formulado por Manoel Jerônimo Neto e acolho agravo interno do MPE para determinar o julgamento do recurso ordinário no colegiado da Corte". Antes, Fachin ponderou: "Assim, porque inexistente impugnação ao presente registro de candidatura por parte do candidato Manoel Jerônimo de Melo Neto. Falta-lhe o necessário interesse de recorrer que legitime o seu ingresso no feito na qualidade de assistente". Na última terça-feira, o próprio José Queiroz, em entrevista à Rádio Jornal, lembrou que, em agosto, o procurador regional eleitoral solicitou o indeferimento de sua candidatura, mas o pleno do TRE lhe dera ganho de causa por 7x0. Houve decisão monocrática do ministro Edson Fachin, rejeitando recurso do procurador, que solicitou que o recurso fosse julgado pelo pleno do TSE, no que foi atendido por Fachin nessa última decisão do dia 29. "Acolho o agravo interno para remeter o julgamento do recurso ordinário ao Pleno do Tribunal Superior Eleitoral, permitindo-se a manifestação das partes e o amplo debate sobre a questão". Na mesma entrevista de rádio, Queiroz realçou a existência de jurisprudências no TSE "de não acolhimento de pedidos semelhantes" ao do procurador regional eleitoral contra ele. "Devo dizer, ao povo de Caruaru, que há um jurisprudência repetida no TSE de não acolhimento de pedidos semelhantes. Consequentemente, estou abasolutamente tranquilo", avisara Queiroz.

Expectativa de que Milton assuma
No Palácio das Princesas, há expectativa de que Milton Coelho assuma o mandato de deputado na Câmara Federal. Para isso, um deputado federal será requisitado por Paulo Câmara para o primeiro escalão. E o convocado pode ser João Campos.

1º ESCALÃO > Da Alepe, Paulo Câmara pode chamar até dois nomes para o governo, segundo apostas de auxiliares.

Sivaldo na...> Acredita-se que Sivaldo Albino, liderança do PSB Garanhuns, deve assumir mandato na Alepe. Sivaldo teve 18.256 votos e será candidato a prefeito de Garanhuns pelo PSB.

...agulha > Em Garanhuns, Sivaldo foi o mais votado: teve 14.682 A cidade é governada por Isaías Régis, adversário do governador.

Aposta > Outro nome que surge cotado para assumir um mandato na Alepe é Professor Paulo Dutra, do PSB, que teve 17.938 votos. Ele é ligado a Nilton Mota, ex-secretário, cuja tendência é voltar a comandar uma pasta na gestão estadual.

Décimo > O Governo do Estado anuncia, na próxima semana, a data de pagamento do 13º salário do funcionalismo estadual.

Sardenberg > O jornalista Carlos Alberto Sardenberg, comentarista da CBN, Globo e Globo News, estará no Recife na próxima segunda, quando fará palestra sobre política e economia no pós-eleições durante o 2º Encontro Unimed Recife, no Teatro Rio Mar, às 20h.


Fonte :Folha de PE

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...