Teste Teste Teste

terça-feira, 28 de maio de 2019

PDT dá sinal verde para candidatura de Tulio Gadelha


A visita do eterno presidenciável Ciro Gomes à capital pernambucana chamou atenção pela sua declaração de que Tulio Gadelha será o candidato do PDT a prefeitura do Recife em 2020. O jovem parlamentar obteve 75.642 votos, dos quais 25.404 foram na capital pernambucana, garantindo ao pedetista o posto de oitavo mais votado do Recife, desbancando uma série de políticos tradicionais.

A sinalização do PDT a favor de Tulio Gadelha garante à esquerda uma opção ao PT e ao PSB que se revezaram no poder nas últimas duas décadas, o que poderá contribuir para o fortalecimento de novos quadros neste campo político, que viu nomes como João Paulo, João da Costa e Geraldo Julio se sucederem na capital, e que precisará de uma reoxigenação.

A pré-candidatura de Tulio Gadelha a prefeito do Recife, apoiada por Ciro Gomes, precisará ser costurada junto com o presidente estadual do PDT, Wolney Queiroz, que é aliado do PSB em Pernambuco, ocupando espaços com aliados nas gestões do Recife e de Pernambuco, uma vez que certamente Wolney dará prioridade à aliança com o PSB.

Faltando aproximadamente 15 meses para as eleições municipais, o nome de Tulio Gadelha será observado com mais atenção, uma vez que ele foi a grande novidade das eleições de 2018 e seguirá como produto novo para as eleições de 2020. Se porventura for candidato, será altamente competitivo na disputa municipal.

Isenção – Projeto de lei apresentado pelo deputado estadual Álvaro Porto (PTB) propõe isentar de taxas judiciais usuários que acionam planos de saúde para garantir atendimento em situações de urgência. O texto, já em tramitação na Assembleia Legislativa, baseia-se no princípio constitucional que assegura o livre acesso à Justiça nos casos citados. O PL altera a Lei nº 11.404, de 19 de dezembro de 1996, que consolida as normas relativas às Taxas, Custas e aos Emolumentos, no âmbito do Poder Judiciário.

Registro – O deputado estadual Marco Aurélio (PRTB), líder da oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco, foi o primeiro parlamentar a registrar a busca e apreensão dos veículos da Guarda Municipal por falta de pagamento da prefeitura do Recife aos fornecedores. O deputado utilizou suas redes sociais para criticar a gestão do PSB na capital pernambucana.

Caravana – O governador Paulo Câmara continua com a agenda de reuniões de Pactuação de Metas e a Caravana da Educação pelas regiões do Estado e, nesta terça-feira, chega ao município de Vertente do Lério, no Agreste pernambucano. O encontro vai contemplar todas as escolas da Gerência Regional de Educação (GRE) Vale do Capibaribe. A Caravana, circuito de atividades pedagógicas, culturais e esportivas, acontece paralelamente à reunião de pactuação, com o objetivo de aproximar a escola da população e fortalecer o protagonismo dos jovens da Rede Estadual.

Repercussão – Foi muito repercutida a entrevista do prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira (PL), à Rádio Folha, para tratar do prêmio que receberá no Azerbaijão em junho sobre práticas sustentáveis. O gestor tem sido muito elogiado pelos avanços em diversas áreas que vem conquistando no município.

Jingle de campanha – O deputado estadual Guilherme Uchoa (PSC) lamentou nas suas redes sociais a morte do cantor Gabriel Diniz, vítima de acidente aéreo nesta segunda-feira (27). O parlamentar prestou solidariedade aos familiares do músico e a dos dois outros ocupantes da aeronave, ao produtor e músicos da banda, e aos fãs. A música “Acabou, acabou”, um dos maiores sucessos dele, virou jingle da campanha vitoriosa de Uchoa nas eleições do ano passado.

RÁPIDAS

Luto – A morte trágica do cantor Gabriel Diniz também consternou a deputada estadual Roberta Arraes (PP). A festa da vitória da deputada em Araripina foi comandada por Gabriel Diniz, que era amigo dos seus filhos Humberto Arraes e Alexandre Arraes Filho. Gabriel tinha apenas 28 anos e estava no auge da sua carreira.

Fiscalização – A prefeitura do Recife deveria intensificar a fiscalização no calçadão de Boa Viagem para coibir a prática de ciclistas que utilizam as calçadas para trafegar, abandonando a ciclofaixa e colocando em risco a vida dos pedestres.

Inocente quer saber – O juiz que tornou Adélio Bispo inimputável faria o mesmo se alguém da família dele sofresse uma facada do “lobo solitário”?

Fonte :Blog do Edmar Lira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...