.

quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

Delegada Patrícia Domingos corre risco de perder identidade caso se una a algumas figuras da Oposição


A delegada Patrícia Domingos tem ganhado nas últimas semanas uma notoriedade muito grande nos meios de comunicação voltados à política do estado, tudo porque tem sido encarada como uma candidata que apresenta um potencial político capaz de surpreender na disputa pelo comando da Prefeitura do Recife.
Conhecida por sua destacada passagem na extinta DECASP – Delegacia de Crimes Contra a Administração e Serviços Públicos, Patrícia Domingos tem no combate à corrupção a sua marca registrada, sobretudo por ter sido responsável por colocar alguns figurões da política pernambucana e empresários atrás das grades.
O avanço do seu nome sob o eleitorado mais identificado com o espectro político de Direita tem provocado uma grande inquietação em políticos do bloco de Oposição. Percebendo a letalidade que uma candidatura de Patrícia Domingues pode representar para o grupo oposicionista, algumas figuras que fazem parte deste conjunto já admitem considerar a possibilidade de ter Patrícia Domingues como a representante da coalizão na disputa pela Prefeitura, no entanto esquecem que um cenário como este é difícil de se materializar, uma vez que como mensageira do combate à corrupção seria constrangedor para Patrícia posar ao lado de alguns políticos que estão enrolados até o pescoço em investigações que envolvem o desvio de recursos públicos. Ela perderia a sua identidade.
HERDEIRO – O secretário executivo de Coordenação e Gestão da Prefeitura do Recife, Carlos Muniz, será candidato a vereador para defender o legado deixado pelo seu sogro, o saudoso vereador Carlos Gueiros. Funcionário público do METROREC, Muniz tem em seu currículo passagens pela presidência da EMLURB, além das secretarias de Administração e da PCR. Atualmente é pessoa de extrema confiança e amigo particular do prefeito Geraldo Júlio. Ao longo dos mais de 30 anos de vida pública escreveu uma história de grande competência e conhecimento, bagagem que acrescentará muito à Câmara de Vereadores que perdeu Carlos Gueiros, um dos seus melhores quadros das últimas duas décadas.
FASCINADO – São José da Coroa Grande tem no deputado estadual e presidente da ALEPE, Eriberto Medeiros, o mais novo entusiasta do potencial turístico local. Encantado com a “Terra das Piscinas Naturais” Eriberto arrastou até o secretário estadual Cloves Benevides para conferir de perto as belezas e culinária lá existente.
BOM JARDIM – O chefe de gabinete da Primeira-Secretaria da ALEPE, Sergio Pereira, tem recebido incentivos de amigos para disputar uma vaga na Câmara de Vereadores de Bom Jardim. Articulado e bastante querido no município, Sérgio, caso deseje topar a parada, possui enorme chance de ser eleito com significativa votação. Ele conta com o apoio irrestrito do deputado estadual Clodoaldo Magalhães (PSB).
EXÉRCITO – O pré-candidato a prefeito de Goiana, Walter da ETP, já conta com um verdadeiro exército de pré-candidatos a vereador para encarar a disputa pelo comando do município em outubro. Os mais de 80 postulantes estão distribuídos entre os partidos PSDB, Podemos, Avante e PRTB, coalizão que faz parte da sua base de apoio. Walter da ETP é um bem-sucedido empresário do setor educacional.
ACIRRAMENTO – No município de Condado há um sentimento da classe política de que o prefeito Cassiano (PTB) tem pela frente uma reeleição dificílima. Por lar o petebista vai encarar Andrea Quental (MDB). Embora ande realizando uma gestão bem avaliada, falta em Cassiano o traquejo político, algo que o ex-prefeito Edberto Quental e esposo de Andrea tem de sobra. Se Cassiano continuar bobeando as chances de Andrea comer o seu cartão em outubro são altíssimas.
EM ALTA – Com grandes serviços prestados à população ipojucana ao longo dos três mandatos, o vereador Paulinho Nascimento caminha a passos largos para garantir mais uma vitória nas urnas. A sua postura de independência em relação ao Poder Executivo tem feito com que ele seja bem visto pelos eleitores.
GANHANDO TERRENO – Articulador nato, o deputado federal Ricardo Teobaldo tem trabalhado para levar o seu partido, o Podemos, a um patamar que pode superar o desempenho de muitas siglas tradicionais. Neste ano o Podemos lançará candidatos a prefeitos em mais de 15 municípios em todo o Estado. Paudalho, Limoeiro e Surubim são alguns dos quais a vitória dos candidatos do partido são dadas como certas.
DUPLA DINÂMICA – Caiu como uma bomba na política recifense a decisão da blogueira e procuradora do Recife, Noélia Brito, e de Áureo Cisneiros, de unirem forças na composição de uma candidatura coletiva à Câmara de Vereadores. Ambos carregam a bandeira do combate à corrupção e ferrenha oposição ao PSB. A candidatura coletiva deve ser pelo Psol, partido no qual Áureo está filiado.
APOSTA – Por falar no Psol, na eleição de 2016 o partido conquistou apenas uma vaga no Legislativo da Capital, que ficou com Ivan Moraes. Para 2018 a sigla possui grandes chances de ampliar o número de cadeiras, sobretudo porque deve lançar muitas candidaturas coletivas.
SE EU PERGUNTAR ALGUÉM RESPONDE? Desfiliado do PSDB, em qual sigla o ex-prefeito Elias Gomes ingressará para disputar a prefeitura do Cabo de Santo Agostinho?

Escrito por Wellington Ribeiro –
E-mail: blogpontodevistape@mail.com – Telefone: (81) 99521-6544

Fonte : Blog Ponto de Vista.