.

quinta-feira, 30 de janeiro de 2020

Humberto Costa mostra que tem controle absoluto do PT


O PT de Pernambuco tem dono. E ele se chama o senador Humberto Costa. Desde a fundação do partido que ele veio de São Paulo para comandar o Partido dos Trabalhadores em Pernambuco ainda na década de oitenta, e já se passaram quase 40 anos onde Humberto mostra que é soberano no partido.
Ele disputou três vezes a prefeitura do Recife, 1988, 1992 e 2012, duas vezes o governo do estado, 2002 e 2006, e três vezes o Senado, 1998, 2010 e 2018, sendo vitorioso apenas nas duas últimas vezes, mas mesmo não sendo uma sumidade em termos eleitorais, ele é de longe a liderança que manda no PT de Pernambuco.
Ao longo dos anos, diversas lideranças do partido caíram no ostracismo, como João Paulo, Maurício Rands, Paulo Rubem Santiago, João da Costa, Fernando Ferro e tantos outros que foram sumindo da política ou deixando o partido, e Humberto seguiu soberano no comando do partido.
Em 2018 foi uma prova cabal que ele manda no partido em Pernambuco, quando foi o artífice da pré-candidatura de Marília Arraes ao governo de Pernambuco e depois entregou sua cabeça de bandeja ao PSB para garantir a reeleição para o Senado. Foi de longe um estrategista de fazer inveja a Nicolau Maquiavel, jogou como poucos e deu um xeque-mate com a garantia de mais oito anos no Senado.
No segundo mandato de senador, Humberto sonha acordado com a possibilidade de disputar novamente o Palácio do Campo das Princesas em 2022 pois não estará arriscando mandato e para isso considera que o melhor caminho é manter até onde der a aliança com o PSB, novamente retirando Marília Arraes de uma majoritária para valorizar seu capital político junto a socialistas e garantir espaços ainda maiores nas gestões do PSB. O reinado do senador no PT está longe de ter fim, ele vai atuar para novamente degolar Marília e entregar sua cabeça ao PSB, e depois vai fazer o mesmo com os socialistas quando a aliança não lhe for mais interessante.
Adesão – Em Barra de Guabiraba situação perde força! O vereador Eugênio Filho (PDT) passa a fazer parte da oposição, que vem se fortalecendo através de boas articulações. Eugênio vem compor como pré-candidato a vice-prefeito, ao lado da liderança Diogo (MDB), que concorreu as eleições em 2016 e perdeu por 133 votos. Com esta adesão, a oposição passa a ter o maior número de cadeiras na câmara municipal. Antes de Eugênio, a oposição liderada por Diogo já tinha feito a adesão de outras lideranças como Irmão Wilson (SD) e Irmão Mariano (PV).
Contra privatização – Diante da tentativa de privatização das empresas Dataprev e Serpro, o vereador João da Costa vai convocar uma audiência pública na Câmara do Recife para discutir os impactos dessa medida no Recife. Na capital pernambucana, são mais de 700 trabalhadores atuando somente na Serpro. A venda dessa empresa pode ameaçar os empregos desses funcionários, afetando a vida de milhares de recifenses. Essa semana, o petista articulou uma reunião do prefeito Geraldo Julio e sindicalistas cujo objetivo foi articular o apoio do PSB contra a medida do governo Jair Bolsonaro. “Além de ameaçar a proteção de dados públicos importantes, como passaportes, certidões de nascimento e óbito, entre outros, essa medida permite vender a empresas como Google informações importantes dos cidadãos brasileiros e põe em risco a soberania nacional na proteção de dados”, afirma João da Costa.
Faltou noção – Repercutiu muito mal o comentário de Mari Gonzalez, participante do Big Brother Brasil, da TV Globo. A influencer afirmou, em conversa dentro do programa, que a zoofilia “é normal para um monte de pessoas, e está tudo bem”. Quem não gostou nada e manifestou repúdio à fala da confinada foi o deputado estadual Romero Albuquerque – defensor dos animais. “Não precisa ser defensor de animal, basta ser humano para repudiar e se manifestar contra essas falas. Zoofilia é crime, e um crime não pode ser visto como algo comum, normal. Respeitem os animais!”, afirmou Romero.
Pelos direitos dos animais – O deputado estadual Romero Albuquerque foi à Brasília propor a implantação da Secretaria Nacional dos Direitos dos Animais. O encontro com representantes do Governo Federal aconteceu na última quarta-feira (29). O deputado espera sensibilizar as equipes de Jair Bolsonaro quanto a importância da causa animal e a necessidade de um órgão maior para fiscalização, defesa e proteção aos animais.

RÁPIDAS

Solidariedade – O deputado federal Augusto Coutinho vem atraindo importantes quadros para a chapa do Solidariedade. Com apenas um vereador, que é Rodrigo Coutinho, que tentará a reeleição, o partido buscará eleger de dois a três vereadores para a Casa José Mariano.
Força – O deputado estadual Eriberto Medeiros, presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, já tem um estoque de cerca de 100 mil votos com os prefeitos e lideranças políticas que passaram a lhe apoiar. Ele tende a figurar entre os mais votados em 2022.
Inocente quer saber – Se for novamente rifada de uma disputa majoritária, Marília Arraes ainda continuará no PT em 2022?

Fonte: Blog Edmar Lyra.