.

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020

MP quer fiscalização sobre Bolsa Família e Fundeb


O subprocurador-geral do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União, Lucas Rocha Furtado, quer que o órgão verifique se há problemas na gestão do Bolsa Família e alguma ilegalidade no plano de usar o Fundeb para construir creches com a iniciativa privada.
Ele se baseou em reportagens da Folha que mostram que 1 milhão de famílias estão à espera do benefício, que houve redução no número de famílias atendidas (de 14,3 para 13,1 milhões) e corte no orçamento do programa (de R$ 32,5, em 2018, para R$ 29,5 bilhões, em 2019).
Ele também quer saber se o Fundeb, fundo bilionário que a União repassa a estados e municípios para a educação básica, pode ser usado para terminar a construção de 830 creches inacabadas e outras 247 paralisadas no país.

Fonte: Blog do Magno Martins.