Teste Teste Teste

segunda-feira, 9 de março de 2020

Pastor Ailton José Alves não vivencia seu melhor momento na Assembleia de Deus


O pastor Ailton José Alves, líder há 22 anos da Assembleia de Deus de Pernambuco, maior denominação evangélica no estado, não vivencia o seu melhor momento à frente da igreja. Especialmente nos últimos meses, quando tem crescido entre membros e no corpo de obreiros, questionamentos e insatisfações relacionadas a forma como a igreja anda sendo conduzida, algo que tem resultado na debandada de fiéis. A mais recente e emblemática delas foi abordada pelo Blog Ponto de Vista, que na última quinta-feira (05) entrevistou com exclusividade o Pastor Jônatas Lins, obreiro que não aceitou a decisão da cúpula da Assembleia de Deus de tirá-lo do comando da igreja na cidade de Barreiros e acabou anunciando a sua saída da denominação. Na entrevista o pastor Jônatas deixou claro a sua insatisfação com a forma com que está sendo conduzida a igreja. “A instituição Assembleia de Deus é maior que eu e as coisas que existem na Assembleia de Deus que eu não concordo, não sou eu que tenho que combater. Se existem condutas que precisam ser corrigidas, não sou eu que vou corrigir. Existe um Deus que também é maior que a Assembleia de Deus e ele sim pode cobrar. Ele sim pode chamar à prestação de contas”afirmou Jônatas que também anunciou que estaria dando início a construção de um movimento evangélico chamado Rede Esperança, o que provocou a saída de muitos fiéis da Assembleia de Deus no município.
O movimento de insatisfação dentro da igreja vem ganhando força a cada dia, sobretudo após a revolta de alguns obreiros que andam utilizando as redes sociais com regularidade criticando a cúpula da igreja e a aparição de denúncias envolvendo o nome do próprio Ailton e de outras figuras de grande influência na denominação em investigações abertas pelo Ministério Público de Pernambuco, algo que talvez seja o motivo que tem levado a alguns pastores da diretoria da igreja a realizarem visitas frequentes a um conceituado advogado criminalista de um escritório de advocacia na Rua Visconde de Suassuna.
Longe de mim acreditar que tais problemas sejam um prenuncio da decadência de uma instituição tão sólida como é a Igreja Evangélica Assembleia de Deus, mas isso são sinais de que a liderança de Ailton José Alves está abalada.
CONQUISTANDO ESPAÇO – Habilidoso, o deputado federal Sílvio Costa Filho, que é presidente estadual do Republicanos, anda realizando um competente trabalho de recrutamento de lideranças para disputarem prefeituras pela sigla. Neste fim de semana ele esteve em Ibirajuba para filiar Izalta, e em Aliança para abonar a ficha de André Empreiteiro. A expectativa é de que o Republicanos dispute mais de 30 prefeituras neste ano.
O BALÃO NÃO SOBE – Pessoas próximas ao prefeito de Escada, Lucrécio Gomes (PSB), têm notado no gestor uma enorme preocupação quanto a falta de competitividade da candidatura de Klaus Lima, seu escolhido para disputar a sucessão. Dentro do grupo já há quem trabalhe com a hipótese de Lucrécio substituir Klaus por outro nome. Na equipe do gestor há um movimento para que o substituto seja o secretário municipal de Educação, John Kennedy.
MÃOZINHA – Ao contrário de alguns partidos que estão tendo dificuldade de formar chapa proporcional no Recife, o MDB parece não estar encontrando obstáculos para isto. O segredo estaria em uma ordem que partiu do Palácio do Capibaribe para que fosse montada uma força-tarefa no sentido de arrumar pré-candidatos a vereador para o partido. Por lá quem está feliz da vida é o vereador Samuel Salazar que ingressou na sigla no início de novembro do ano passado.
DESORIENTADA – A prefeita de Arcoverde, Madalena Britto (PSB), até agora não encontrou entre as lideranças do seu grupo um nome capaz de disputar com competitividade contra o ex-prefeito Zeca Cavalcanti (PTB). Entre os conhecedores da política arcoverdense há um sentimento de que a candidatura de Zeca é imbatível, por isso a dificuldade da prefeita de encontrar alguém disposto ao sacrifício de levar uma surra nas urnas.
MARATONA 1 – O deputado federal Eduardo da Fonte, presidente do PP, colocou o pé na estrada neste final de semana para cumprir uma verdadeira maratona de visitas no interior do estado. A primeira parada foi Garanhuns, no Agreste Meridional, onde lançou a candidatura a prefeito de Zaquel Lins pelo Progressistas. A agenda foi concluída em Santa Maria da Boa Vista, no Sertão do São Francisco, com o ato de filiação do pré-candidato a prefeito George Duarte.
MARATONA 2 – Na sua passagem pelo interior Eduardo da Fonte ainda se reuniu com os pré-candidatos Capitão Moraes (Cachoeirinha), Fernando Aragão (Santa Cruz do Capibaribe), Sandoval Luna (Cupira) e Rigoberto Amaro (Exu), além dos prefeitos Nogueira (Calçado), Adauto Budegão (Ibimirim), Sílvio Roque (Tupanatinga) e várias outras lideranças que também disputarão prefeituras pelo PP. Nas contas de Da Fonte o partido deve lançar mais de 100 candidatos a prefeitos em Pernambuco.
CARGA! – O deputado estadual Álvaro Porto (PTB) anda mesmo empenhado na pré-candidatura do filho Alvinho Porto em Quipapá. Neste domingo (08) o parlamentar patrocinou o Bloco da Esperança, evento que foi responsável por arrastar uma multidão de apoiadores da candidatura de Alvinho. Por lá o herdeiro de Porto anda ganhando espaço a cada dia que passa.
NO PÁREO? –  Informação chegada ao Blog dá conta de que o ex-procurador-geral de Justiça, Agnaldo Fenelon, deve estar dando entrada na sua aposentadoria ainda nesta semana. De acordo com a fonte, assim que sair no Diário Oficial ele deve fazer um ato para apresentar a sua pré-candidatura a prefeito de Goiana.
SE EU PERGUNTAR ALGUÉM RESPONDE? – Quando o pastor Ailton José Alves vai abrir mão da presidência da Assembleia de Deus em Pernambuco?
Escrito por Wellington Ribeiro
Fonte : Blog Ponto de Vista.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...