Teste Teste Teste

segunda-feira, 18 de maio de 2020

Pernambuco perto de 20 mil casos de Covid-19


A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, neste domingo (17/05), 964 novos casos da Covid-19 em Pernambuco. Entre os confirmados hoje, 519 se enquadram como leves, e 445 como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Agora, Pernambuco totaliza 19.452 casos já confirmados, sendo 9.703 graves e 9.749 leves. Dos casos graves, 1.788 evoluíram bem, receberam alta hospitalar e estão em isolamento domiciliar. Outros 3.430 estão internados, sendo 242 em UTI e 3.188 em leitos de enfermaria, tanto na rede pública quanto privada.

Além disso, o boletim de hoje registra mais 45 pacientes recuperados do novo coronavírus em Pernambuco, totalizando 2.969 pessoas curadas da Covid- 19 no Estado. Até agora, os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos (tabela 1), além do Arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência de pacientes em outros Estados e países.

Também foram confirmados laboratorialmente 55 óbitos (sendo 33 do sexo masculino e 22 do sexo feminino), de pessoas residentes nos municípios de Bonito (1), Cabo de Santo Agostinho (4), Caetés (2), Camaragibe (1), Chã Grande (1), Condado (1), Cortês (2), Escada (1), Ipojuca (1), Jaboatão dos Guararapes (5), Limoeiro (1), Olinda (1), Palmares (3), Passira (1), Paudalho (1), Paulista (2), Petrolina (1), Recife (23), Triunfo (1), Tupanatinga (1), Xexéu (1). Com isso, o Estado totaliza 1.516 mortes pela Covid- 19.

As mortes ocorreram entre os dias 24.04 e 15.05 e os pacientes tinham idades entre 21 e 101 anos de idade, além de uma criança de 2 meses. Dos 55 pacientes que vieram a óbito, 21 apresentavam comorbidades confirmadas: histórico de acidente vascular cerebral (4), leucemia (1), hipertensão arterial sistêmica (10), diabetes mellitus (6), paralisia cerebral (1), câncer (1), doença cardiovascular crônica (1), fibrose pulmonar (1), histórico de tabagismo (1), doença renal (1), asma (1), obesidade (1),  disfunção da tireóide (1). O restante não tinha comorbidade e/ou estão em investigação pelos municípios. As faixas etárias são: 0 a 9 (1), 20 a 29 (2), 30 a 39 (2), 40 a 49 (12), 50 a 59 (7), 60 a 69 (10), 70 a 79 (14), 80 ou mais (7).

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 3.093 casos foram confirmados e 1.994 descartados. As testagens abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Estado foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar os profissionais da área da saúde.

ISOLAMENTO SOCIAL – Pernambuco atingiu o maior índice de isolamento social do Brasil no último sábado (16), primeiro dia da quarentena decretada nos municípios do Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, São Lourenço da Mata e Camaragibe. Em média, 53,8% da população do Estado permaneceu em casa no sábado. Segundo georreferenciamento feito pela InLoco – empresa  com escritórios no Brasil e nos EUA – nas primeiras 24 horas de vigência do decreto de intensificação do isolamento social, nas cinco cidades submetidas a regras mais rígidas de controle de circulação, o índice médio de isolamento atingiu 60%, um percentual bem superior aos 48% registrados no sábado anterior (09).
O levantamento da InLoco revelou que o isolamento em Pernambuco ficou acima do Ceará (52,7%), Amapá (52,7%) e Pará (51%), quatro únicos estados brasileiros a superar os 50% de distanciamento social. Entre as cidades, o maior destaque ficou com o Recife, que atingiu 62,1%  de isolamento no índice levantado pela InLoco. Foi o maior percentual entre as capitais brasileiras. Olinda registrou 61%, Camaragibe 59% e Jaboatão e São Lourenço da Mata atingiram 58% no total de pessoas em casa neste sábado.
“Quero agradecer à população pernambucana que está consciente da importância do isolamento social no enfrentamento da Covid-19. São números animadores que mostram que temos condições de chegar ao índice ideal, que é de 70% da população em casa, para frear a aceleração da doença”, afirmou o governador Paulo Câmara, que na manhã deste domingo (17) comandou uma reunião por videoconferência com todo o secretariado estadual para avaliar os resultados do primeiro dia da Operação Quarentena. O governador reiterou que ainda há 14 dias pela frente nesse esforço da quarentena, e que sair de casa, só para uma compra essencial, ou para atendimento médico. “Quanto menos contato com outras pessoas, menor a possibilidade de se contrair o novo coronavírus ou de contaminar os outros, caso você esteja doente”, reforçou Paulo Câmara, em pronunciamento à população nas redes sociais.

Fonte : Blog Ponto de Vista.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...