.

segunda-feira, 22 de junho de 2020

Óleo volta a aparecer em praias de Pernambuco e Alagoas. João Campos cobra providências


Deputado federal e relator da CPI do Óleo entrará com requerimento de informação pedindo esclarecimento sobre o reaparecimento do material nas praias de Gameleira, Muro Alto e Cupe – Crédito da foto: Rodolfo Loepert

Nesta semana, após as duas ocorrências de reaparecimento de óleo nas praias de Alagoas (Gameleira, próxima ao Pontal de Coruripe) e Pernambuco (Muro Alto e Cupe, vizinhas a Porto de Galinhas), apontadas pelas ONGs Instituto Amigos da Natureza e Salve, Maracaípe, o deputado federal João Campos (PSB-PE), relator da CPI do Óleo, entrará com requerimento de informações solicitando esclarecimentos com urgência aos órgãos federais responsáveis (Ibama e Marinha).
“Até o momento, Ibama e Marinha não se pronunciaram sobre o óleo que apareceu em praias de Pernambuco e também em Alagoas. Mas, em princípio, o levantamento das ONGs aponta para o que seria o óleo do vazamento ocorrido ainda no ano passado”, alerta o deputado. Segundo João Campos, o que estava visível foi recolhido, mas sabe-se que há material enterrado e que pode sempre reaparecer a cada subida e descida de maré. “Esse é um impacto ambiental que se estende por muitos anos e já deveria estar em prática uma ação coordenada em nível federal para que houvesse uma avaliação técnica e precisa sobre os danos causados, uma espécie de programa de monitoramento, inclusive, com sinal de alerta para cada caso de ressurgimento do óleo”, complementa.

CPI DO ÓLEO

Por causa da pandemia, foi decretado que todas as comissões do parlamento estão com seus trabalhos suspensos temporariamente, mas isso não impede a ação parlamentar de um deputado em virtude dos acontecimentos que pedem atuações emergenciais e precisas. Além disso, com a reativação das comissões, a CPI do Óleo trabalhará pela conclusão do relatório acerca do vazamento ocorrido no segundo semestre de 2019.

Fonte : Blog Ponto de Vista.