.

quarta-feira, 15 de julho de 2020

Pernambuco registra 675 novos casos de Covid-19 e 63 óbitos

A partir desta quarta-feira (15.07), o Estado de Pernambuco ampliará a realização do teste da Covid-19 para as pessoas que apresentarem sintomas gripais leves. O anúncio foi feito pelo secretário estadual de Saúde, André Longo, na tarde desta terça-feira (14.07), durante coletiva de imprensa online. A marcação dos exames deve ser feita por meio da ferramenta Atende em Casa (www.atendeemcasa.pe.gov.br). Ao todo, 133 municípios que aderiram ao sistema estarão cadastrados no aplicativo para marcação dos exames. (lista abaixo). Nos que ainda não aderiram, as marcações devem ser feitas diretamente na rede de saúde de referência de cada cidade.

Serão ofertados exames do tipo RT-PCR (swab nasofaríngeo), indicado para quem está com sintomas gripais até o sétimo dia do início do quadro, podendo, porém, ser estendido até o décimo dia, caso persistam os sintomas; e o teste rápido, para os casos em que o paciente esteja há mais de sete dias do início dos sintomas e também com mais de 72h desde o desaparecimento dos sintomas.

“Desde o início da pandemia do novo coronavírus, fomos realizando o trabalho de ampliação da testagem para os grupos prioritários, iniciando com os profissionais de saúde e segurança e, posteriormente, isto foi ampliado para abarcar os profissionais de serviços essenciais. Agora, dentro de nossos esforços de ampliação, chegamos a este novo e importante passo de ampliar para todos os pernambucanos sintomáticos. Desta maneira, vamos identificar com eficiência as pessoas com o vírus e realizar o isolamento para que esta pessoa não alastre a doença. Esse é um método ainda mais eficiente para conter a Covid-19, sendo usado nos países que conseguiram manter em níveis baixos a curva de transmissão”, afirmou o secretário André Longo.

Ainda na coletiva, o gestor da pasta da Saúde destacou que o Estado de Pernambuco vem cumprindo a estratégia de testar 100% dos óbitos notificados como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e todos os casos graves para doença.

“Juntamente com as ações de isolamento social que praticamos bem aqui em Pernambuco, massificar a testagem para diagnóstico da Covid-19 tem se mostrado, com as experiências em outras partes do mundo, uma forma complementar para controlar a doença e uma maneira eficaz de monitorar a evolução da transmissão, ajudando em muito na tomada de decisão e dando ainda mais segurança em cada um de nossos passos. Essa ação demonstra mais um esforço do Estado com a confirmação destes diagnósticos o que deve nos auxiliar na decisão das condutas”, finalizou.

I Geres – 9 municípios
Cabo de Santo Agostinho, São Lourenço da Mata, Abreu e Lima
Centros de Testagem Centro de Convenções e CEFOSPE: Olinda, Paulista, Jaboatão, Camaragibe, Moreno, Igarassu, Abreu e Lima, São Lourenço.

II Geres – 17 municípios

Bom Jardim, Carpina, Casinhas, Cumaru, Feira Nova, João Alfredo, Lagoa de Itaenga, Lagoa do Carro, Machados, Nazaré da Mata, Orobó, Passira, Paudalho, Surubim, Tracunhaém, Vertente do Lério, Vicência

III Geres – 22 municípios
Água Preta, Amaraji, Barreiros, Belém de Maria, Catende, Cortês, Escada, Gameleira, Jaqueira, Joaquim Nabuco, Lagoa dos Gatos, Maraial, Palmares, Primavera, Quipapá, Ribeirão, Rio Formoso, São Benedito do Sul, São José da Coroa Grande, Sirinhaém, Tamandaré, Xexéu

V Geres – 21 municípios
Águas Belas, Angelim, Bom Conselho, Brejão, Caetés, Calçado, Canhotinho, Capoeiras, Correntes, Garanhuns, Iati, Itaíba, Jucati, Jupi, Lagoa do Ouro, Lajedo, Palmeirina, Paranatama, Saloá, São João, Terezinha

VI Geres – 13 municípios
Arcoverde, Buíque, Custódia, Ibimirim, Inajá, Jatobá, Manari, Pedra, Petrolândia, Sertânia, Tacaratu, Tupanatinga, Venturosa

VII Geres – 7 municípios
Belém do São Francisco, Cedro, Mirandiba, Salgueiro, Serrita, Terra Nova, Verdejante

VIII Geres – 6 municípios
Afrânio, Cabrobó, Dormentes, Lagoa Grande, Orocó, Santa Maria da Boa Vista

IX Geres – 10 municípios
Araripina, Exu, Granito, Ipubi, Moreilândia, Ouricuri, Parnamirim, Santa Cruz, Santa Filomena, Trindade

X Geres – 12 municípios
Afogados da Ingazeira, Brejinho, Carnaíba, Iguaracy, Ingazeira, Itapetim, Quixaba, Santa Terezinha, São José do Egito, Solidão, Tabira, Tuparetama

XI Geres – 10 municípios
Betânia, Calumbi, Carnaubeira da Penha, Flores, Floresta, Itacuruba, Santa Cruz da Baixa Verde, São José do Belmonte, Serra Talhada, Triunfo

XII Geres – 6 municípios
Aliança, Ferreiros, Macaparana, Itambé, Itaquitinga, São Vicente Ferrer.

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO – A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, nesta terça-feira (14.07), 675  novos casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 557 (83%) são casos leves, ou seja, pacientes que não demandaram internamento hospitalar e que estavam na fase final da doença ou já curados. Os outros 118 (17%) se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Agora, Pernambuco totaliza 73.576 casos já confirmados, sendo 21.321 graves e 52.255 leves. Além disso, o boletim de hoje registra um total de 52.972 pessoas recuperadas da doença. Desse total, 10.747 são de casos graves, que demandaram leitos no sistema de saúde, e 42.225 casos leves.

Os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por 181 municípios pernambucanos (tabela 1), além do arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência de pacientes em outros Estados e países.

Também foram confirmados laboratorialmente 63 óbitos (sendo 37 do sexo masculino e 26 do sexo feminino). Os novos óbitos confirmados são de pessoas residentes nos municípios de Alagoinha (1), Aliança (1), Altinho (1), Araçoiaba (1), Bezerros (3), Bonito (2), Brejo da Madre de Deus (1), Cabo de Santo Agostinho (4), Camaragibe (3), Caruaru (3), Cumaru (1), Escada (2), Exu (1), Gravatá (2), Igarassu (2), Ipubi (1), Jaboatão dos Guararapes (3), Olinda (6), Palmares (1), Paulista (2), Petrolina (1), Quipapá (1), Recife (11), Santa Cruz do Capibaribe (3), São Joaquim do Monte (3), São Lourenço da Mata (1), Serrita (1), além de outro Estado (1). Com isso, o Estado totaliza 5.715 mortes pela doença.

As mortes registradas no boletim de hoje ocorreram entre 7 de abril e 13 de julho. Do total de mortes do informe de hoje, 38 (60%) ocorreram de 07/04 a 10/07. As outras 25 (40%) ocorreram nos últimos 3 dias. Os pacientes tinham idades entre 39 e 92 anos, além de uma criança (sexo masculino) de 3 anos. As faixas etárias são: 0 a 9 (1), 30 a 39 (2), 40 a 49 (3), 50 a 59 (6), 60 a 69 (17), 70 a 79 (21), 80 anos ou mais (13).

Dos 63 pacientes que vieram a óbito, 41 apresentavam comorbidades confirmadas: doença cardiovascular (23), diabetes (19), hipertensão (11), obesidade (4), tabagismo (4), doença renal (3), doença respiratória (3), imunossupressão (2), câncer (1) e etilismo (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Um paciente não apresentava comorbidades e os demais estão em investigação pelos municípios.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 17.343 casos foram confirmados e 22.641 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais.

AVALIAÇÃO – Em mais um pronunciamento divulgado hoje (14.07) em vídeo nas redes sociais, o governador Paulo Câmara fez uma avaliação dos resultados alcançados pelo estado em quatro meses de ações no combate à pandemia do novo coronavírus em Pernambuco. Ele elencou a contratação de mais de 8 mil profissionais para a área de saúde e a abertura de 1.771 leitos para o atendimento dos pacientes na rede pública do estado. O crescimento da economia e a manutenção dos empregos também foram destacados pelo governador.

Paulo Câmara qualificou esses quatro meses, desde o dia 12 de março (quando foram registrados os dois primeiros casos da doença no estado) como um “período de muitas restrições, com o isolamento social” e com o Governo do estado realizando “a maior operação logística e sanitária da história para adequar o sistema de saúde a essa nova realidade”.

“Abrimos 803 leitos de UTI e 968 leitos de enfermaria, contratamos mais de 8 mil profissionais e investimos em ações sociais para amparar a população mais vulnerável. O resultado é que estamos colocando em prática um Plano de Convivência com a Covid-19 sem registrar aumento de casos, óbitos ou demanda por leitos de terapia intensiva. No balanço da semana epidemiológica 28, que se encerrou no último sábado, todos os nossos indicadores de saúde apresentaram redução”, destacou Paulo Câmara.

O governador pontuou que a adaptação a esse novo momento tem apresentado os primeiros indicadores positivos. Na semana passada, o IBGE divulgou que Pernambuco atingiu o segundo maior crescimento na atividade industrial do país. “Nos últimos 45 dias, todos tivemos que estabelecer novas maneiras de retomar as atividades econômicas e sociais mantendo os cuidados de prevenção”, disse.

Parte significativa desse incremento se deve à planta da Fiat em Goiana. A montadora reafirmou seu interesse em continuar investindo em Pernambuco num aporte de R$ 7,5 bilhões. Esse interesse das empresas também se estende aos outros setores da economia, que continuam acreditando no potencial de crescimento do estado. “Hoje (14) recebi aqui no Palácio o empresário Daniel Costa, do Novo Atacadão. O grupo, que chegou a Pernambuco no ano passado, já tem duas unidades em funcionamento, nas cidades de Vitória e Carpina e vai abrir a terceira loja na semana que vem em Arcoverde”, observou.

O governador disse, ainda, que o grupo empresarial confirmou a inauguração de mais uma unidade, desta vez em Santa Cruz do Capibaribe e a meta é inaugurar outras cinco lojas em 2021. Cada um desses empreendimentos significam 300 novos empregos diretos.

Fonte: blog ponto de vista.