.

sexta-feira, 24 de julho de 2020

Shoppings centers poderão abrir mais cedo a partir da semana que vem na RMR e Zona da Mata

A partir da próxima semana, a Região Metropolitana do Recife (RMR) e os municípios das matas Norte e Sul do Estado darão mais um passo dentro do Plano de Convivência das Atividades Econômicas com a Covid-19. Nessas regiões, o comércio varejista poderá ampliar a capacidade de atendimento para um cliente para cada 10 metros quadrados da loja. Até então, essa permissão era de um cliente para cada 20 metros. Já os shoppings centers, que estavam iniciando as atividades às 12h, poderão abrir mais cedo, a partir das 10h. O horário de fechamento, no entanto, segue sendo às 20h. 
“Observamos o comportamento dos clientes com a volta da operação de alimentação nesses estabelecimentos (shoppings) e decidimos por antecipar a abertura para poder diluir o fluxo nessa entrada, separando quem quer fazer compras de quem quer ir ao shopping para se alimentar”, pontuou o secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Bruno Schwambach, em entrevista coletiva remota no fim da tarde desta quinta-feira (23). Nesse momento, o avanço acontece apenas na Macrorregião I, ficando de fora o Agreste, o Sertão Central e o Sertão do São Francisco. 
Mesmo na RMR e nas zonas da Mata, porém, não há previsão ainda para aumento de capacidade e nem extensão de horário dos serviços de alimentação, embora exista um pedido do setor. Schwambach explicou que os setores devem fazer uma retomada gradual, aumentando horários e fluxo de pessoas ao longo das semanas de acordo com a análise dos dados epidemiológicos. Portanto, é necessário um período maior de observação, uma vez que esses serviços voltaram a funcionar há menos de uma semana. "Vamos seguir analisando os números da Saúde junto ao nosso Comitê. É muito importante o comportamento das pessoas, das empresas, dos estabelecidos, dos clientes, para que a gente possa conter a curva de contaminação”, destacou o secretário. 
Fonte: Folha de PE.