.

segunda-feira, 17 de agosto de 2020

Daniel Coelho deverá ser oficializado como nome oposicionista

 


Pré-candidato a prefeito do Recife pelo Cidadania, o deputado federal Daniel Coelho tentou duas vezes o comando da capital pernambucana, tendo obtido resultados expressivos nas tentativas, porém com um melhor resultado na primeira ocasião, quando obteve quase 30% dos votos válidos e por muito pouco não foi ao segundo turno em 2012.

Nas duas ocasiões, Daniel Coelho foi candidato de poucos partidos, em 2012 do PSDB, PPS e PTdoB, e em 2016 do PSDB e do PSL. Nas eleições deste ano, conta com o Cidadania, antigo PPS, e deverá receber a oficialização do PSL ao longo desta semana, o que lhe consolida como nome da oposição na disputa.

Ainda resta saber qual caminho PSC e PL trilharão, uma vez que possuem a pré-candidatura do deputado Alberto Feitosa, mas com a chegada do PSL, as coisas avançam para que os dois partidos dos irmãos André e Anderson Ferreira oficializem o apoio a Daniel. E naturalmente a oposição terá que definir se Mendonça Filho, hoje apoiado por DEM, PTB e PSDB, continuará no páreo ou oficializará o apoio a Daniel Coelho.

Se confirmada a ampla frente política formada por Cidadania, Democratas, Patriota, PSDB, PSL, PTB, PL e PSC, Daniel Coelho disputará pela primeira vez o Palácio do Capibaribe com uma coligação representativa. Ele dividirá com Patrícia Domingos, Marco Aurélio e Charbel Maroun a oposição à direita, e terá como desafio consolidar-se como o nome oposicionista para chegar ao segundo turno em novembro.

Justiça – Apesar de o presidente Jair Bolsonaro ter melhorado sua avaliação, é justo lembrar que o deputado estadual Marco Aurélio, desde o início de 2019 que vem fazendo uma enfática do presidente, além de ter feito campanha e votado nele em 2018. O parlamentar é pré-candidato a prefeito do Recife pelo PRTB com o apoio do vice-presidente general Hamilton Mourão.

Prioridade – Em vídeo postado em suas redes sociais, o deputado federal e presidente estadual do PDT, Wolney Queiroz, declarou que a eleição de Katiana Gadelha (PDT) para prefeita de Abreu e Lima é uma das prioridades da legenda nas eleições deste ano. Para ele, a pré-candidata tem capacidade administrativa e credibilidade para realizar as mudanças que o povo da cidade tanto precisa.

Chefia – O advogado Bruno Lins de Albuquerque foi nomeado chefe de gabinete da presidência da Assembleia Legislativa de Pernambuco pelo deputado Eriberto Medeiros. Bruno atua na Casa desde a gestão de Guilherme Uchoa e permaneceu na equipe de Eriberto.

Fraude – A Controladoria Geral da União (GCU) atualizou as informações sobre servidores públicos que receberam o auxílio-emergencial de forma indevida. Cruzamentos dos pagamentos efetuados até 19 de julho indicam que 680.564 servidores públicos receberam os 600 reais do Governo Federal.

Anúncio – Ao longo desta segunda-feira faremos um importante anúncio que abalará as estruturas da política pernambucana. Fiquem ligados em nossas redes sociais para saber a grande novidade.

Inocente quer saber – A oficialização de Daniel Coelho ocorrerá até a próxima sexta-feira?

Fonte: Blog Edmar Lyra.