.

quarta-feira, 26 de agosto de 2020

Lá vai a Compesa, descendo a ladeira!

 


Após anos de embates entre a Prefeitura de Petrolina e a Compesa, enfim foi publicado, ontem, o edital para privatização dos serviços de abastecimento de água e de esgotamento sanitário no citado município.

E o que isso significa? Além de representar o primeiro ato concreto da atual realidade trazida pelo novo Marco Regulatório do saneamento básico, cujo objetivo primordial é a atração de investimentos privados para o setor a partir do enfraquecimento das companhias estaduais, simboliza ainda, e principalmente, uma grande derrota da atual gestão da Compesa, chefiada por Manuela Marinho.

É bem verdade, conforme já mencionado, que essa briga não é nova. Mas é evidente que todos os esforços despendidos pela gestão anterior da Compesa para manter a concessão dos serviços de água e esgoto de Petrolina estão prestes a cair por terra. E esforços necessários e importantes, vale dizer, considerando a representatividade do município de Petrolina para o faturamento da companhia.

Só nos resta aguardar as cenas dos próximos capítulos, e assistir o desempenho de Manuela Marinho, como gestora, nessa batalha.

Fonte: Blog do Magno Martins.