.

sábado, 22 de agosto de 2020

Marília: “Com critério, qualificação e a definição de um modelo seguro, é possível armar a guarda municipal”


Foto: Ricardo Labastier

Em um encontro com o Sindicato da Guarda Municipal do Recife, a deputada federal e pré-candidata a prefeita do Recife, Marília Arraes, destacou que a discussão sobre o armamento da corporação precisa ser feita com critério.

Marília ressaltou que é possível sim discutir armar uma parcela da guarda municipal do Recife, mas a partir de um trabalho sério, que envolva a formação e qualificação severa de quem poderá portar armas.

“Acho que para isso a gente tem que ter um preparo da categoria. Definir um modelo”.

Para Marília, essa qualificação da guarda deve contar com a parceria da academia de polícia, para a realização de um treinamento permanente até que se possa ter a própria
academia municipal.

Marília alerta que o debate sobre o tema tem se limitado a entre ser simplesmente a favor ou contra o armamento da guarda municipal. Ela diz que isso é pouco e que é preciso abordar o tema com critério, envolvendo a corporação e a população.

“Estou totalmente aberta a ouvir, a construir, a formar uma comissão com a guarda, com todos que quiserem pensar com a gente um modelo para propor. Estou totalmente aberta a isso. É preciso se construir um modelo que não seja simplesmente ‘vamos armar a guarda e acabou-se’. É um discurso muito fácil , mas não é tão simples assim.

Fonte: Blog do Edmar Lyra.