.

sexta-feira, 28 de agosto de 2020

O xeque-mate de Fernando Bezerra Coelho


Não há dúvidas que Fernando Bezerra Coelho é um dos maiores articuladores políticos de Pernambuco. Ele segue acalentando o sonho de ser governador, seja com ele ou com o seu rebento Miguel, prefeito de Petrolina em 2022.

Com o faro de um animal político, Fernando identificou que se a oposição bancasse Daniel Coelho e Daniel saísse vitorioso do processo eleitoral de 2020, o prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira, ganharia a condição de nome natural da oposição para disputar o Palácio do Campo das Princesas, restando a Fernando talvez nem sequer o Senado.

Então ele entrou no jogo, e viabilizou a candidatura de Mendonça Filho, levando-o a diversos ministros do presidente Jair Bolsonaro para reforçar a imagem de que Mendonça possa ser o nome mais identificado com o eleitorado do presidente. Sacramentando Mendonça como candidato, o democrata passa a ser servo de Fernando em qualquer cenário, no de vitória e assumindo a prefeitura do Recife, terá que apoiar um dos Coelhos para o governo de Pernambuco sentado na cadeira de prefeito, já no cenário de derrota, o DEM permanecerá com Fernando no processo para 2022, pois Mendonça não terá argumento para fazer diferente.

O senador repetiu Eduardo em 2012, quando assistiu de camarote a confusão do PT e resolveu Geraldo Julio. Agora, Fernando se tornou o principal ator da oposição, pois tem mandato e é líder do governo Bolsonaro no Senado. Deu uma cartada de quem é mestre na arte de fazer política.

Fonte: Blog do Edmar Lyra.