.

segunda-feira, 24 de agosto de 2020

Pernambuco tem saldo positivo de empregos em julho, diz Caged

 


 Pernambuco tem saldo positivo de empregos em julho, diz Caged

O Estado de Pernambuco teve um número positivo na geração de emprego no mês de julho, após quedas na geração de empregos, em virtude do cenário de pandemia provocado pelo novo coronavírus.

De acordo com dados divulgados pelo Caged, houve 26.453 admissões e 21.829 desligamentos no Estado, resultando num saldo positivo de 4.624 trabalhadores com carteira assinada. Em termos quantitativos, é o segundo melhor resultado do Nordeste.

Comparado ao mês de junho passado, quando houve um saldo de – 3.264 empregos, os números revelam a desaceleração do desemprego no Estado, mostrando uma reação da economia. Em relação ao mesmo período do ano passado, houve um avanço, segundo o secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco, Alberes Lopes.

“Em 2019, neste mesmo período do ano, registrou-se um discreto saldo negativo de 96 empregos. Agora, apesar das perdas, apesar do nosso luto, apesar da pandemia, estamos reagindo, como determinou o governador Paulo Câmara. O Estado sinaliza que a reação está acontecendo e vamos ter dias melhores. Precisamos confiar e lutar, como a gente já está fazendo. Precisamos resgatar a esperança”, disse o secretário.

Os setores que mais geraram empregos em Pernambuco foram indústria (2.470), agropecuária (1.252) e construção (1.095).

“Ainda temos um saldo negativo nos serviços, mas tenho esperança de que vamos retomar aos poucos. Por isso, é tão importante o uso da máscara no ambiente de trabalho. Para que possamos continuar firmes no nosso Estado, para que as pessoas continuem recuperando seus empregos”, disse Alberes Lopes.

No acumulado do ano, houve 175.907 contratações e 239.008 demissões, gerando um saldo negativo de 63 mil postos de trabalho no Estado.

Fonte :Portal das Prefeituras.