.

quarta-feira, 26 de agosto de 2020

Secretário de Saúde do DF é preso suspeito de fraude em testes de Covid-19

 

O secretário de Saúde do Distrito Federal, Francisco Araújo, foi preso preventivamente na manhã desta terça-feira (25) em uma operação que investiga fraudes em testes de Covid-19.

Ele é suspeito de superfaturar a compra dos produtos, que seriam de baixa qualidade e teriam causado prejuízo de R$ 18 milhões aos cofres públicos do DF. Francisco Araújo foi preso no apartamento dele, na região noroeste do DF.

Em nota, o Ministério Público do DF informou que a Operação Falso Negativo cumpre sete mandados de prisão e 44 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal e em mais 8 Estados (GO, SP, RJ, BA, SC, MT, ES e RS).

As ordens judiciais foram expedidas pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) e são resultado de investigação exclusiva do MPDFT, que apura suspeitas de crimes cometidos por servidores do alto escalão da Secretaria de Saúde do DF, segundo o MP-DF.

Ainda de acordo com o MP-DF, entre os crimes estão: fraude à licitação, lavagem de dinheiro, crime contra a ordem econômica (cartel), organização criminosa, corrupção ativa e passiva. Essas práticas criminosas teriam sido praticadas no curso de dispensas de licitação destinadas à compra de testes para detecção da Covid-19.

Da CNN Brasil

Fonte: Blog do Edmar Lyra.