.

quarta-feira, 9 de setembro de 2020

As opções que restaram a Daniel Coelho


De longe o pré-candidato mais competitivo que a oposição tradicional tinha para a disputa, o deputado federal Daniel Coelho, que teve dois bons resultados em 2012 e 2016 quando tentou a prefeitura do Recife, já é considerado no meio político como carta fora do baralho, e tem até o dia 16, prazo final para as convenções, para anunciar a sua decisão.

Restaram três opções a Daniel Coelho na disputa pela prefeitura do Recife. A primeira é a candidatura própria do Cidadania, apoiando a historiadora Karla Falcão, que foi candidata a deputada estadual e obteve quase 14 mil votos em 2018. Karla tem boa penetração nas redes sociais e sendo candidata poderá fazer uma importante dobradinha com Daniel em 2022. O óbice é que Daniel teria que bancar com o fundo eleitoral o guia de Karla, o que dificultaria a construção do Cidadania no interior.

A segunda opção seria oficializar o apoio a Patrícia Domingos. Levantamentos internos mostram que o eleitor de Daniel não migra pra Mendonça como a oposição pensa, e sim para a delegada. O apoio de Daniel a Patrícia poderia consolidar a competitividade da postulante do Podemos. Porém, há uma ressalva de Daniel a Patrícia para este apoio, pois ele tentou levá-la para o Cidadania e ela fez a opção pelo Podemos. Então a construção não seria automática, cabendo a Daniel ruminar os últimos acontecimentos para decidir o apoio.

Por fim, uma terceira opção que pode ganhar força nos próximos dias seria seu apoio a Carlos Andrade Lima, nome do PSL para a disputa. É importante lembrar que Daniel só não foi candidato porque não teve o apoio do PSL, porém a decisão pelo apoio ao partido evidenciaria uma postura altruísta do deputado, que mesmo não recebendo o apoio do partido, daria seu apoio político a um candidato que pode ser o fato novo na disputa. Qualquer opção requer muita reflexão de Daniel, que teve seu sonho de ser prefeito sepultado pelas circunstâncias da oposição, mas ele ainda poderá ter um papel importante no processo eleitoral se tomar a decisão correta na escolha que fizer.

Fé no trabalho – O deputado Guilherme Uchoa Júnior reafirmou seu compromisso com a candidatura de Katiana Gadelha (PDT) à Prefeitura de Abreu e Lima. Nas redes, disse que ela faz uma campanha propositiva e de alto nível, com foco em soluções para os problemas que mais atormentam a população.

Céu de brigadeiro – Em Jaboatão dos Guararapes, o sentimento na cidade é o de que o prefeito Anderson Ferreira (PL) voa em céu de brigadeiro. O gestor não tem nenhum adversário com densidade política ou eleitoral e chega na busca pelo segundo mandato com uma ampla frente política lhe dando sustentação.

Refresco – Para um observador da cena política, a dissolução do MDB em Santa Maria da Boa Vista evidenciou que para o deputado federal Raul Henry intervenção no olho dos outros é refresco, mas no dele arde.

Inocente quer saber – Por que Raul Henry não hesitou em dissolver o diretório do MDB em Santa Maria da Boa Vista?

Fonte : Blog Edmar Lyra.