.

segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Mulheres ganham protagonismo no Recife

 


 

Com 55,44% do eleitorado composto por mulheres, Recife possui uma quantidade de eleitores do sexo feminino maior que a média nacional, que tem 52,5% de eleitoras espalhadas por todo o país. Nunca na história do Recife, a cidade teve uma prefeita ou vice-prefeita, porém este tabu poderá ser modificado nas eleições deste ano quando as quatro principais chapas possuem mulheres encabeçando ou na vice.

Destaque para a deputada federal Marília Arraes, que já foi três vezes vereadora do Recife e é a única mulher da bancada pernambucana na Câmara dos Deputados. Ela é o nome do PT para a disputa deste ano. Neófita, a delegada Patrícia Domingos debuta este ano nas urnas como candidata a prefeita pelo Podemos. Ambas aparecem bem posicionadas, Marília em 1º com 22% das intenções de voto, de acordo com o Ipespe, enquanto Patrícia aparece em 3º com 14%.

Candidato a prefeito do Recife pela Frente Popular, João Campos escolheu Isabella de Roldão. Ela já foi vereadora do Recife, candidata a deputada federal e a vice-governadora e recentemente era secretária na gestão do prefeito Geraldo Julio. Já Mendonça Filho escolheu a combativa Priscila Krause, que foi três vezes vereadora do Recife e duas vezes deputada estadual, tendo disputado a prefeitura nas eleições de 2016 pelo Democratas.

A participação das mulheres na disputa deste ano trará um componente interessante, pois temas como violência contra a mulher, construção de creches e políticas de inclusão para as mulheres devem permear o debate deste ano devido a grande possibilidade de uma mulher ser prefeita ou vice-prefeita da cidade a partir de janeiro de 2021.

Anderson Ferreira – O favoritismo de Anderson Ferreira (PL) se tornou tão latente que a sensação em Jaboatão dos Guararapes é que não tem campanha. Seus próprios adversários já reconhecem a dificuldade de construir um contraponto forte à ampla frente liderada pelo gestor.

Podemos – O deputado federal Ricardo Teobaldo está animado com o desempenho do seu partido nas eleições deste ano. O Podemos terá candidatos a prefeito em cidades importantes como Recife, Cabo de Santo Agostinho e Limoeiro. Além disso, pode eleger de dois a três vereadores na capital pernambucana.

Largada – Mendonça Filho tem sua pior largada nas três tentativas a prefeito do Recife em 2020. Nas eleições de 2008 quando tentou a primeira vez começou com 30% das intenções de voto, em 2012 na segunda tentativa tinha 20%, e agora aparece com 13%, de acordo com o Ipespe.

Marília longe de tudo – Chamou muito a atenção de petistas históricos o fato da candidatura de Marília Arraes apostar em um material de campanha sem a tradicional cor do partido, o vermelho, e sem a própria sigla PT.

Elitista – Esses mesmos petistas ainda ressaltam que Marília cometeu um erro grave ao escolher iniciar a campanha fazendo uma carreata no corredor mais rico da cidade, a Avenida Boa Viagem. O ato foi visto como elitista.

Inocente quer saber – Quando teremos a primeira confusão da disputa no Recife?

Fonte : Blog Edmar Lyra.