.

sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Polícia Federal faz operação contra desvio de R$ 9 milhões na saúde

 


 

PF deflagra operação contra desvio de verbas públicas na saúde

PF deflagra operação contra desvio de verbas públicas na saúde

Reprodução / Agência Brasil












Na manhã desta quarta-feira (24), a PF (Polícia Federal) deflagrou a Operação Garrote com o objetivo de investigar o desvio de verbas do SUS (Sistema Único de Saúde) estimado em mais de R$ 9 milhões.

As investigações, iniciadas em junho de 2020 e conduzidas pela Polícia Federal em Niterói, com apoio do Departamento Nacional de Auditoria do SUS, indicam a contratação fraudulenta de um laboratório, por parte do município de Magé, no Rio de Janeiro, para realização de exames laboratoriais.

De acordo com a PF, foram identificadas diversas irregularidades no contrato, como o direcionamento da escolha do próprio laboratório, além de fraudes nos processos de chamamento público e nos de execução.

Há, inclusive, indícios da participação de pessoas ligadas à Secretaria Municipal de Saúde e também de um vereador de Magé, que seria o real proprietário do laboratório envolvido no caso.

Operação Garrote

Nesta quarta, aproximadamente 40 policiais federais cumprem dois mandados de prisão temporária e sete de busca e apreensão na Secretaria Municipal de Saúde de Magé, no laboratório e em outros endereços vinculados aos investigados. 

Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro.

As autoridades investigam os crimes de dispensa ilegal de licitação, fraude em licitação, peculato, falsidade ideológica e organização criminosa.

Fonte :Pietro Otsuka, do R7.