.

quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Qual o sentido da candidatura de Marília?

 


Eu fico imaginando como será a campanha de Marília Arraes para prefeita do Recife? Ao que parece a briga da petista era apenas para ser candidata e depois simplesmente "esfriou". Nos bastidores, muita gente frustrada com Marília pelo simples fato de não cumprir acordos políticos como foi o caso do vice, indicado pelo PSOL, que ela simplesmente com alguns companheiros deixaram a ver navios. 

Além disso, a campanha petista no Recife está mais para uma peça teatral. Marília toda vez luta para ser candidata e quando ocorre o milagre de ser, apaga-se. Já imaginou se tivesse todo esse entusiasmo em 2018 caso o PT tivesse confirmado ali sua campanha para governadora? Teríamos um verdadeiro exército de decepcionados. 

Agora, parece que não é a vez de Marília. Será a vez de um nome verdadeiro de oposição ao PSB e contra o PSB. O nome da deputada federal tende a ser apenas aquele bicho enorme que se cria mas quando vê é algo bastante indefeso. 

A tática usada do enfrentamento parece ter dado certo: Depois do pleito eleitoral de 2020, dificilmente teremos uma nova Marília Arraes, arrumando briga e confusão o tempo todo para ser candidata seja a prefeitura ou ao governo.

João Campos na disputa - O PSB oficializou, nesta terça-feira (15), o deputado federal João Campos como candidato a prefeito do Recife. O evento ocorreu apenas com integrantes da direção executiva do PSB no Recife e foi transmitido de forma virtual, em razão da pandemia da covid-19.Filho do ex-governador Eduardo Campos, João Campos tem 26 anos e, caso seja eleito, será o prefeito mais novo da história do Recife.

Acordo quebrado - A deputada federal e pré-candidata à Prefeitura do Recife, Marília Arraes (PT), convidou o presidente estadual do PSOL em Pernambuco, Severino Alves, para ser o coordenador de sua campanha. Para Marília, Severino tem importância central no processo que culminou com a consolidação da frente e do programa a ser construído. O convite também reconhece o compromisso, a capacidade e a vontade de Severino Alves, de trabalhar por uma cidade mais justa, democrática e que combate às desigualdades, compromissos que foram firmados pela deputada desde o começo da sua caminhada rumo à Prefeitura do Recife.

Decisão desrespeitada -  Mas nada de ele (que foi o responsável por rifar a candidatura de Paulo Rubem) ser indicado a vice conforme decisão do PSOL. Ou seja, decisão de executiva vale para o PT (no caso Marília), mas não vale para o PSOL. Incrível.

Chapa conservadora - O partido Patriota indicou o Pastor Wellington Carneiro para ocupar a vaga de vice-prefeito na chapa majoritária do Coronel Alberto Feitosa (PSC). Junto com Feitosa, o nome do pastor Wellington será confirmado na convenção partidária, que acontece nesta quarta-feira (16), às 10h, na Faculdade Alpha, em Santo Amaro.

Oficializado - Em busca da reeleição, o prefeito Miguel Coelho formalizou sua candidatura, na noite desta terça (15), numa solenidade para alguns convidados e transmissão ao  vivo pelas redes sociais, acompanhada por mais de mais de 4 mil pessoas. O gestor sertanejo será candidato pelo MDB na chapa com o vice Simão Durando (DEM), liderando a coligação "Petrolina com Força e União", a qual reúne 15 partidos, uma das maiores articulações de legendas em todo o Estado.

O grito dos esquecidos - Todo mundo se surpreendeu quando em 2019, nós publicamos aqui que Tony Gel e Zé Queiroz estariam no mesmo palanque no primeiro turno das eleições de Caruaru "para tentar" derrotar Raquel Lyra. A união parece que realmente vai acontecer como o nosso Blog soube lá por aquele ano e foi desmentido pelos dois e o nome ao que parece será de Toninho Rodrigues, filho de Tony Gel.

Belo Jardim - Na tarde desta segunda-feira (14), o PTB de Belo Jardim aprovou em convenção os nomes de Wilsinho Maciel e Uriel Campelo para chapa majoritária da Coligação Para Belo Jardim Avançar.

Silvinho Silva, editor do Blog
Email: silvinhosilva2018@gmail.com
Whatsapp: (81) 98281 4782

Fonte : Blog de Silvinho.