.

segunda-feira, 9 de novembro de 2020

Abreu e Lima: Justiça multa Katiana em R$ 300 mil

 


A candidata do PDT à Prefeitura de Abreu e Lima, Katiana Gadelha, foi multada em 300 mil reais pela Justiça Eleitoral, que considerou que a prefeiturável infringiu as regras sanitárias vigentes ao continuar a fazer atos de campanha vedados pelo TRE-PE. A sentença foi proferida na última sexta-feira (6).

A pedetista havia sido advertida pelo juiz da 119ª Eleitoral, Hugo Bezerra de Oliveira, durante a semana, em ação movida pelo PSB, que denunciava a continuidade de atos com aglomerações por parte da candidata. Naquele momento, o magistrado determinou que Katiana não continuasse com este tipo conduta, mas não foi atendido.

"Ao invés de cumprir com todas as proibições definidas pelo TRE de Pernambuco, a requerida realizou atos de campanha que geraram a aglomeração de militantes e pessoas, sendo visível nas filmagens que há momentos em que a parte requerida fala com diversos populares com a máscara abaixada, além de tocar e abraçar os transeuntes, entrando em casas de pessoas que aparentam ser idosas e grupos de riscos. Além de se utilizar de sons e de mini trios", escreveu o juiz em um dos trechos da decisão.

*Com informações do Correio Abreulimense.

Fonte: Blog do Magno Martins.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo Seu Comentário. Logo Estaremos o Postando.