.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2020

O Capibaribe é um rio socialista moreno


As ondas vermelhas e infravermelhas e os ventos amarelos sopraram nos altos coqueiros desta Capitania Hereditária da Nova Lusitânia, revela o bicho-grilo Adalbertovsky em sua cantoria nas montanhas da Jaqueira. “E o vento levou as nuvens conservadoras da direita. O Rio Capibaribe hoje é um rio amarelo do PSB, assim feito o rio Yangtse no Império Continental da China. Mas, o Capibaribe não é um rio comunista, é um rio socialista moreno claro à moda tropical.

“O Danúbio Azul, rio da direita, só existe em Viena, na Áustria, onde os peixinhos dançam a valsa de Strauss. Os peixinhos morenos de Pernambuco dançam frevo e maracatu, xaxado e baião. Os peixinhos sertanejos do São Francisco, nas querências do senador Fernando Bezerra Coelho, transportam a bandeira azul e branca do prefeito reeleito Miguel Coelho. É o rio que corre nas veias do senador Fernando Bezerra Coelho e seus discípulos. Bandeira branca! 

“Sob a luz da real política, é inverossímil a lenda circulante e maledicente de que a mãe do prefeito eleito João Campos, Renata Campos, exerce superpoderes no PSB, por ter sido a costela do fenômeno político Eduardo Campos. Seja dito que ela é uma profissional do serviço público, mãe de cinco filhos e sem histórico político-partidário. Quem manda no PSB é um tal de Geraudo Covid Julho, ele e suas ambições de poder.

“Jovem brilhante e bem formado, Joaozinho tem um futuro promissor no PSB, noves fora a herança do Covidão de Geraudo et caterva. Brilha uma nova estrela, João Campos faz parte da nova esquerda. Nesses luzeiros também brilha o prefeito reeleito de Petrolina, Miguel Coelho. A próxima sucessão estadual passa necessariamente pelas águas do Rio São Francisco em Petrolina antes de ancorar nas ribeiras do Capibaribe no litoral.

“A deputada Priscila Krause, altiva e combativa, energiza a sua geração. Tem energia potencial capaz de acionar a energia cinética do bom conservadorismo em Pernambuco. Prefeita reeleita de Caruaru, Raquel Lyra, vem da boa estirpe de João Lyra pai, João Lyra avô e Fernando Lyra tio. Estas novas ondas, novas águas e novas luzes anunciam o advento e ascensão de uma geração política  promissora em Pernambuco”. A cantoria do bicho-grilo Adalbertovsky está postada no Menu Opinião. Metam os peitos!

Fonte: Blog do Magno Martins.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo Seu Comentário. Logo Estaremos o Postando.