.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2021

Paulo Câmara não está fora do jogo em 2022

 


O destino político do Governador Paulo Câmara (PSB) ainda é incerto. Ele vai terminar em 31 de dezembro de 2022 o seu segundo mandato de governador e caso almeje algum cargo seja de senador ou de vice-presidente da república, Paulo terá que renunciar no início do mês de abril de 2022.


A vaga de senador pode ser um caminho para Paulo, embora este seja um assunto que não é quase comentado no meio político. Muitos chegam a acreditar que Paulo vá trilhar o mesmo caminho de Jacques Wagner que em 2014 encerrou seu mandato e não concorreu ao cargo de senador. No entanto, bem discretamente já se fala no nome do atual governador para um destino bem diferente. 


A vaga do senado hoje é ocupada pelo Senador Fernando Bezerra Coelho. No entanto, caso o prefeito de Petrolina Miguel Coelho realmente confirme que estará na disputa pelo governo do estado, o atual senador deve disputar uma cadeira na Câmara e deixará a vaga de senador para algum aliado.


Na Frente Popular, nomes como os dos deputados Silvio Costa Filho (Republicanos) e Eduardo da Fonte (PP) são sempre lembrados para concorrer ao senado. Na oposição, os nomes de Daniel Coelho (Cidadania), André Ferreira (PSC) também são lembrados. 


Já Paulo Câmara não está esquecido no jogo. O nome dele sempre é lembrado como um provável vice numa chapa presidencial. Quem pensa que Paulo Câmara vai pendurar as chuteiras em dezembro de 2022 pode estar simplesmente enganado.


Renúncia - Como já se sabe que é de previsão constitucional, caso Paulo Câmara resolva disputar um mandato em 2022, Pernambuco será governado por Luciana Santos de abril a dezembro de 2022. A vice-governadora preside nacionalmente o PC do B. Em 2014, quando Eduardo decidiu disputar a presidência da república entregou a João Lyra Neto que estava no PSB.


A confiança - Será que Paulo Câmara decidindo entrar na disputa de 2022 seja concorrendo ao senado ou ao cargo de vice-presidente da república renunciaria para deixar o estado sob o comando do PC do B durante 9 meses? Sendo destes, 7 meses de pré-campanha e campanha eleitoral?


De saída - O deputado estadual Gustavo Gouveia foi recebido pelo Governador Paulo Câmara no Palácio das Princesas na última segunda-feira. O parlamentar levou prefeitos de sua base eleitoral no estado para conversar com o governador. No encontro, Gustavo apresentou demandas e propostas para beneficiar a população da Mata Norte e Sertão do Pajeú.  Nos bastidores, o gesto foi entendido como uma aproximação de Gustavo com a Frente Popular.


Vai ser briga - No cenário do governador Paulo Câmara resolver realmente terminar o seu mandato de governador e não concorrer ao senado e nem a vaga de vice-presidente, a briga pela vaga de senado na chapa da Frente Popular será grande e os mais fortes são: Silvio Costa Filho e Eduardo da Fonte. Mas, ninguém se surpreenda se esta vaga vir a ser ofertada ao PT.


Posição política - O candidato à presidência da Câmara dos Deputados, Baleia Rossi (MDB-SP) visitou na tarde desta terça-feira (26) o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB). Durante o encontro, realizado no Palácio do Campo das Princesas, Paulo Câmara reafirmou o apoio do PSB ao deputado federal. Seguindo a orientação da executiva nacional do PSB, Paulo Câmara declarou apoio ao deputado do MDB.


Silvinho Silva, editor do Blog do Silvinho

Whatsapp: (81) 98281 4782

Email: silvinhosilva2018@gmail.com


Fonte: Blog do Silvinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo Seu Comentário. Logo Estaremos o Postando.