.

sexta-feira, 12 de março de 2021

Cenários de 2022 acabam beneficiando o PSB

 


A disputa pelo Palácio do Campo das Princesas marcará em 2022 dezesseis anos de hegemonia do PSB em Pernambuco. Foram quatro vitórias para governador, três para o Senado e três para a prefeitura do Recife. Essas vitórias deram ao partido um grande protagonismo, mas além da competência de montar a eleição, o PSB tem sido beneficiado pela conjuntura política e ideológica das disputas.


Em 2020, o PSB lançou João Campos e precisou ir ao segundo turno para vencer a disputa. Ela foi possível graças ao sentimento anti-petista que inviabilizou a candidatura de Marília Arraes. O partido hoje é uma espécie de projeto híbrido, que é mais palatável tanto para o eleitorado de direita quanto o de esquerda.


No próximo ano, o PSB tem como opção o ex-prefeito e atual secretário de Desenvolvimento Econômico Geraldo Julio, que deverá ser o candidato da Frente Popular para a disputa. Além de contar com uma ampla frente política que deverá ser composta por PSB, Republicanos, PP, PDT, MDB, PRTB, PSD, PCdoB, Solidariedade e PROS, o partido poderá ser beneficiado pelos três cenários possíveis para a disputa.


Se o PT decidir lançar candidato a governador, o PSB por ter a máquina e um exército de prefeitos e deputados, deverá ter cadeira cativa no segundo turno, então se enfrentar o PT na segunda etapa, deverá receber o apoio do candidato de centro-direita que não chegar no segundo turno, ou pelo menos a neutralidade deverá garantir que o eleitorado opte pelo PSB.


Na hipótese de o PT ficar de fora do segundo turno, e o PSB enfrentar o candidato de centro-direita, o voto petista deverá dobrar feito tapioca a favor do PSB no intuito de evitar a vitória de um candidato de linhagem bolsonarista. Na terceira hipótese, que igualmente não pode ser descartada, um eventual apoio do PT ao PSB em 2022 poderá ter efeito imediato para que a disputa seja resolvida a favor do PSB já na primeira etapa, como ocorreu em 2018. Claro que o cenário pode mudar, porque o imponderável pode prevalecer, mas em condições normais de temperatura e pressão, o PSB segue como favorito para vencer a disputa do próximo ano.


Fraudes – A atuação articulada de órgãos federais (MPF, Polícia Federal, Ministério da Cidadania, Caixa, Receita Federal, CGU e TCU) resultou na identificação e no cancelamento de mais de 3,8 milhões de pedidos irregulares para recebimento do auxílio-emergencial de 600 reais, entre julho de 2020 e fevereiro de 2021. Com isso, pelo menos R$ 2,3 bilhões deixaram de sair indevidamente dos cofres públicos do Governo Federal.


Esportes – O deputado federal Felipe Carreras (PSB) voltou a integrar comissões na Câmara dos Deputados após punição partidária. O parlamentar irá presidir a Comissão de Esportes. Felipe tem experiência no setor porque comandou a pasta no primeiro governo Paulo Câmara.


Estadual – O secretário de Turismo, Rodrigo Novaes (PSD), anunciou oficialmente que será candidato a deputado estadual no próximo ano. Rodrigo tentará o quarto mandato na Assembleia Legislativa de Pernambuco e deverá figurar novamente entre os mais votados.


Inocente quer saber – Gleide Angelo repetirá o desempenho eleitoral em 2022?


Fonte : Blog do Edmar Lyra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo Seu Comentário. Logo Estaremos o Postando.